Como criar uma grande presença digital para sua empresa

É curioso e quase filosófico ver como o tempo e, sobretudo a tecnologia, são capazes de mudar conceitos e até o significado das palavras. Há algumas décadas, falar em “presença”, apenas pressupunha alguém que estivesse fisicamente em algum lugar.

Hoje o termo presença já não está apenas associado ao conceito de espaço e até mesmo espaço, teve sua definição ampliada. Quando falamos em presença digital, a gama de possibilidades ganha dimensões ainda maiores.

Por isso, nosso propósito é que você compreenda o que é a presença digital, a importância que ela assume no mundo contemporâneo e o que é preciso fazer para que sua empresa marque presença adequadamente, de forma a colher bons frutos deste trabalho.

O que é presença digital?

A palavra-chave e que é determinante na compreensão do que é este “tipo” de presença, é a palavra digital. Recentemente nós abordamos o que é a transformação digital e como ela tem impactado pessoas e empresas e até mesmo a história. Analogamente, a presença digital ocorre quando se utiliza meios digitais para marcar sua presença. Parece abstrato? Logo você verá que não é! Ao contrário, é bem concreto e simples.

Resumidamente e para o propósito de nosso bate papo, os meios digitais, são todos aqueles que fazem uso de dispositivos eletrônicos e Internet para exibir informação e realizar a comunicação entre duas ou mais partes. Começa com dois dos mais antigos aparelhos que fazem parte do nosso quotidiano, que são a TV e o telefone - ambos hoje digitais - e passa por outros dispositivos, como o notebook, o tablet, a smart TV, entre outros.

Hoje as formas pelas quais todos temos informações e estabelecemos comunicação com outras pessoas e empresas, são as mais diversas, graças aos muitos dispositivos eletrônicos que possibilitam a conexão com outros dispositivos, usando para tanto, aplicativos diversos, como os navegadores de Internet, os apps de mensagens (WhatsApp, Skype, etc), os gerenciadores de e-mail (MS Outlook, Eudora, Thunderbird, etc), todos eles digitais.

Assim, pode-se dizer que presença digital, é usar os meios digitais disponíveis para levar informação, efetuar comunicação e fornecer produtos e serviços e relacionar-se no mundo e com o mundo. Simples, não é?

A importância da presença digital

Costuma-se dizer que as crianças hoje em dia já saem com manual embutido de fábrica, isso porque é muito natural a forma como manuseiam os dispositivos digitais, bem como utilizam todas as aplicações embarcadas neles. Parece até mesmo que é mais simples e atraente para muitos usar todo este aparato, do que o simples ato de falar.

Esta integração dos meios digitais na forma como as pessoas interagem umas com as outras, tem sido vista com igual intensidade na forma como estas mesmas pessoas se relacionam com as empresas e assim, aquelas que são capazes de estender sua atuação e comunicação por todas as alternativas disponíveis, certamente terão uma vantagem competitiva importante em relação às empresas que usam apenas os meios tradicionais.

É notório que as mídias tradicionais, como por exemplo, as mídias impressas, têm tido uma penetração cada vez menor, geralmente restrita aos públicos de faixas etárias superiores e mesmo nestes segmentos, têm perdido adeptos, não sem razão, afinal as mídias digitais possibilitam uma experiência muito mas rica para ambos os lados.

Assim, se no passado as empresas usavam a televisão, a publicidade no jornal e na revista, a mala-direta, o telemarketing e até a lista telefônica para se comunicar com seus clientes, hoje aquelas que não têm site, blog, redes sociais, e-commerce, e-mail Marketing, no mínimo estão caminhando para o isolamento.

Marcar presença digital não é mais apenas uma opção ou um jeito de fazer negócios e trabalhar. É uma necessidade e em algum momento e em alguns nichos de mercado, será a única forma de existir.

Como tornar uma empresa presente digitalmente?

Você pode simplesmente reagir a tudo o que seus vizinhos e concorrentes estão fazendo e correr para fazer um site, um blog e uma campanha de e-mail Marketing? Sim, você pode! Vai ter bons resultados? Provavelmente, não! Você deve estar se perguntando, mas por que? O que eu tenho que fazer para ter sucesso?

Parece fácil e em parte realmente não é um bicho de sete cabeças marcar presença digital, mas como tudo ou a maioria das coisas em uma empresa, exige um pouco de trabalho, um pouco de conhecimento, de experiência e planejamento, para que os resultados sejam satisfatórios e compensem tudo o que você vai dedicar e investir.

Mas não se assuste, porque a dedicação e os investimentos necessários estão ao alcance da maioria e porque afinal não existe nada que caia do céu sem algum esforço.

Se você – e sua empresa – ainda não têm presença digital, é quase certo que não tenha os conhecimentos necessários e neste caso o que se recomenda é buscar ajuda profissional. Há profissionais com atuação na área de Marketing Digital, que são os mais habilitados a ajudá-lo nesta tarefa.

Mas digamos que sua empresa é bem modesta e o que você tem para investir é muito pouco. Neste caso, comece devagar. Não queira abraçar o mundo e mantenha-se alinhado com a máxima de que é melhor fazer muito bem o básico, do que querer fazer tudo, sem saber como e no fim, não ter nada.

Por isso, preparamos um roteiro de ações que você pode desenvolver e que vão fazer com que sua presença digital se amplie gradativamente, degrau a degrau.

Ações para desenvolver a presença digital

Antes de mais nada, é importante que se você não puder contar com uma ajuda profissional para implantar cada etapa, a escolha do que fazer e como fazer, deve ser bem refletida, estudada e planejada. Converse com outras pessoas que tiveram desafios semelhantes. Aprender com os erros dos outros, ajuda a evitar dores de cabeça. Humildade e pés no chão, também importam.

Muitos fornecedores de serviços, que serão necessários, como por exemplo, uma empresa de hospedagem, podem ser decisivos quando da sua implantação. Por isso, busque informações, tais como o suporte técnico que é oferecido, os tipos de hospedagem existentes e como escolher um provedor de hospedagem para os serviços digitais.

Portanto, tenha em mente que parte dos resultados que você vai colher, depende de se cercar de bons fornecedores de serviços. Alguns atuam de maneira mais solidária que outros e podem influenciar decisivamente nos resultados obtidos e na facilidade ou dificuldade encontrada no caminho.

Criação de Site

Atualmente é o mínimo que se espera de uma empresa que queira ter presença digital, é um site institucional. Na verdade, é muito menos do que seria necessário, mas é um começo, afinal dificilmente a busca por fornecedores de produtos ou serviços, não vai esbarrar na busca por sites de empresas que os forneçam.

Um site institucional bem elaborado, pode ser um canal importante para a captação de novos clientes. Além disso, pode ser também mais uma alternativa de comunicação, senão a principal, visto que muitas pessoas atualmente buscam os sites das empresas quando querem alguma forma de contato, superando até mesmo a tradicional via telefônica.

Através deste meio digital, a empresa pode fornecer informações sobre sua história, seu ramo de atividade, detalhes e características de seus produtos e serviços, lançamentos, ofertas, comunicados importantes, informações comerciais, entre outras possibilidades. Se sua empresa não dispõe disso, um potencial cliente certamente vai encontrar tudo o que você deveria ter, mas no site de um concorrente.

Manutenção de um blog

Muitas pessoas pensam que um site e um blog, são equivalentes ou que um pode substituir o outro. Em casos bastante específicos, até é admissível que isso ocorra, mas se há a possibilidade de se contar com ambos, é o mais indicado.

Nós preparamos para você, um artigo completo que trata da importância de manter um blog, mas se você quer um resumo das principais razões, um blog em linhas gerais gera mais engajamento das pessoas – e clientes – que em algum nível se relacionam com sua empresa. Pela natureza dinâmica do conteúdo, uma mesma pessoa irá acessar com maior frequência o blog do que um site institucional, atraída pelo novo conteúdo que sua empresa produz para alimentá-lo.

Entre alguns dos benefícios que você terá, você consegue melhorar trabalho de branding, contribui para melhorar a comunicação, ajuda no SEO, torna seus produtos e serviços mais conhecidos e mais uma série de vantagens que podem variar com a natureza, recursos e conteúdo do blog.

Basicamente você tem que ter em mente que um site institucional concentra informações estáticas ou que mudam pouco com o passar do tempo. Já um blog, tem um conteúdo dinâmico, que cresce constantemente e que deve ser atrativo, de forma que agregue valor para a empresa, sua imagem, seus produtos e serviços.

Redes Sociais

O próprio nome indica a principal natureza deste tipo de ação, que é socializar, ou reunir em sociedade pessoas com objetivos, ideias e expectativas comuns. Também é atualmente um importante canal de comunicação, senão um dos principais.

Pelas características de cada rede social, quando a empresa opta por participar de uma – ou várias – ela pode desenvolver ações personalizadas ou orientadas a pessoas e objetivos específicos e desta forma exercer uma comunicação com melhor qualidade, focada em nichos determinados e, sobretudo, mais dinâmica.

Outros pontos extremamente atrativos quando se escolhe utilizar / participar de uma mídia social, são:

  • Informalidade – o caráter informal de uma rede social, permite uma comunicação mais popular, mais simples e ao mesmo tempo mais próxima das realidades de cada participante, bem como mais humanizada;

  • Comunicação – a interatividade que caracteriza as redes sociais, favorece uma comunicação mais rica, bem como a coleta de informações da sua audiência, que é também o seu público consumidor e seus prospects. Além disso, as pessoas geralmente sentem-se mais a vontade em expressar suas ideias nas redes sociais;

  • Manutenção e custo – em virtude da infraestrutura e da tecnologia ser fornecida por quem mantém a rede social, o trabalho reside apenas em produção de conteúdo e atualização do mesmo;

  • Popularidade – a quantidade de pessoas que utilizam redes sociais, bem como o tempo em que elas se mantém conectadas diariamente, é um fator que favorece que o conteúdo que você produz, seja visto e compartilhado de maneira mais intensa;

  • Conhecimento – na mesma medida da melhoria da comunicação, a participação de pessoas na sua página, propicia que você obtenha informações do seu público que dificilmente teria utilizando de outras mídias;

Assim como ocorre no caso do blog, devemos destacar que as mídias sociais não substituem os sites institucionais e nem os blogs, primeiro porque os tipos de conteúdos de cada um dos três, têm suas particularidades, em segundo porque as propostas são diferentes e em terceiro, porque no caso das mídias sociais, as políticas de uso são determinadas por quem controla a rede e você não tem total de liberdade como tem no caso do site e do blog.

E-commerce

Quando for oportuno e o que você comercializa permite, considerar a criação de um site de e-commerce ou loja virtual, é algo que pode ser além de atrativo, muito vantajoso comercialmente.

Entre as principais vantagens de se manter uma loja online, estão:

  • Custo – como não há a necessidade de vendedores e em alguns casos a infraestrutura para comercialização pode ser mais enxuta do que em lojas físicas, os custos são menores;

  • Competitividade – devido ao custo inferior, você também torna seu produto mais atrativo e competitivo comercialmente. Algumas vezes o menor custo usando esse meio, permite o barateamento do custo dos produtos;

  • Cobertura – ao contrário das lojas físicas, em que a área de abrangência é restrita geograficamente, os sites de comércio eletrônico desconhecem fronteiras. Sua atuação não tem limites, desde que você tenha canais de distribuição que atendam todos os lugares;

  • Comunicação e informação – além de ser um canal a mais para a comunicação, a navegação no site é um importante componente para alimentar a empresa com comportamento do consumidor, na medida em que se pode saber que itens que geraram interesse nos consumidores, de acordo com a navegação;

Este já é o quarto tipo de atuação que uma empresa pode exercer na Internet e que não substitui nenhuma das três anteriores. Quando é possível e oportuno, pode-se ter os quatro meios e assim exercer uma presença mais marcante e dirigida aos propósitos e necessidades da empresa, bem como naturalmente atender demandas diferentes dos seus clientes potenciais.

E-mail Marketing

Quase tanto como um documento como CPF ou RG, todas as pessoas que hoje usam a Internet ou atuam em uma empresa, têm um endereço de correio eletrônico ou e-mail. Há quem não participe de uma rede social, há quem não tenha site ou blog, há até quem não use o WhatsApss, mas difícil mesmo é encontrar quem não tenha um e-mail. Há quem tem mais de um e há quem tenha vários.

E é por esta característica que possivelmente ainda não exista uma forma de se ter um alcance tão amplo como o E-mail Marketing. No entanto, é importante destacar que quando nos referimos ao alcance, não é no sentido de eficácia nos resultados, mas quantas pessoas conseguimos atingir independente do resultado ser positivo ou não.

A partir do princípio que o E-mail Marketing é feito dentro de correção, ética e normas bem definidas, é uma boa forma de se atuar visando aumentar a presença digital.

Se usado com objetivos mais orientado à comunicação empresarial e institucional, como ocorre por exemplo nos envios de newsletter, é uma ferramenta que ainda produz um aproveitamento apreciável.

SEO (Search Engine Optimization)

A Otimização para Motores de Busca ou simplesmente SEO, é certamente uma das ações mais importantes quando se pensa em presença digital real e eficiente. Por que? Porque a Internet é muito ampla, existe muito conteúdo e se o seu conteúdo não for trabalhado adequadamente, os mecanismos de busca e em particular a busca do Google, não vão exibi-lo apropriadamente nos resultados.

De nada adianta você ter um conteúdo fantástico, se você não aparece para o mundo. Parte significativa do trabalho, consiste em posicionar bem seu site, seu blog e o que mais você tiver, nos resultados orgânicos do Google, e para isso, há pessoas e empresas especializados em fazer este trabalho, que deve ser contínuo e tem total relação com a produção de conteúdo para suas mídias.

Este é um assunto amplo e complexo e por isso, não é nossa pretensão ir muito além em um simples tópico. Recomenda-se um trabalho estruturado e bem concebido para que se tenha os resultados que são possíveis e importantes.

Presença Mobile

Entre todos os aspectos que colaboraram para a expansão da Internet nos últimos anos, um tem um destaque especial – os acessos por dispositivos móveis, predominantemente através dos smartphones e em menor escala, pelos tablets.

Sendo assim, é fundamental que os sites, blogs ou o que for criado para a Internet, seja responsivo e, portanto, automaticamente adaptável para visualização mobile ou em dispositivos móveis.

Outra forma de ampliar a participação e presença, é o desenvolvimento de apps para esta classe de dispositivos. Um exemplo prático e popular de aplicativo para smartphone, que integra os usuários à pequenas empresas, são os apps de disk pizzas. Porém há muitas pequenas empresas que conseguem desenvolver apps que integram seus produtos e serviços aos seus clientes, através da comodidade e facilidade que um aplicativo pode proporcionar e ao mesmo tempo estão gerando contato e fidelização.

Outras formas de marcar presença digitalmente

O assunto não se esgota aqui. Acima listamos as principais, mais simples e importantes iniciativas, supondo que se você está aqui, é porque provavelmente não fazia nada disso ou se fazia, não era da forma apropriada ou quem sabe precariamente.

Lembre-se que antes de sofisticar ou mesmo dar passos mais largos, é importante ter convicção de que o básico deve ser muito bem feito, afinal de nada adianta se criar uma campanha de e-mail Marketing poderosa e quando a audiência acessa o seu site, encontra um conteúdo inapropriado ou o seu plano de hospedagem não é capaz de suportar uma demanda maior de acessos.

Conclusão

Atuar no sentido de marcar presença digital por parte de pequenas empresas, exige compreensão da sua importância, dos resultados que se pode obter, de como devem ser feitas as coisas e, sobretudo, da necessidade que isso representa nos dias de hoje. É algo que pode ser simples e acessível, mas demanda seriedade e profissionalismo, como todas as demais ações dentro do ambiente organizacional.