Site responsivo ou mobile: qual escolher para minha empresa?

Quatro em cada dez usuários brasileiros de internet acessam a rede apenas pelo celular. São 46 milhões de consumidores conectados exclusivamente pelo smartphone, segundo pesquisa TIC Domicílios. Como passamos cada vez mais tempo usando os smartphones, é fundamental que as empresas estejam preparadas para oferecer boas experiências aos seus usuários. E é aí que entram o site responsivo e o mobile.

Neste post você vai aprender o que são site responsivo e site mobile e as diferenças entre eles. Também vamos mostrar quando cada um deles pode ser mais interessante para o seu negócio, destacando os benefícios e limitações de ambas as opções. Boa leitura!

A internet antes do site responsivo

Talvez você se lembre de navegar na internet com o celular ainda nos anos 2000. Os telefones já eram capazes de acessar a web, mas os sites ainda eram feitos apenas com o computador em mente.

O resultado é que era muito difícil navegar. Os botões eram muito grandes e o texto muito pequeno. Toda a linguagem era concebida apenas para monitores de desktop, horizontais e com 13, 15 ou bem mais polegadas. Hoje praticamente tudo na internet já é feito também para comportar as telas menores e verticais dos celulares.

Site responsivo versus mobile: qual é qual?

Sites responsivos, como o nome sugere, são capazes de se adaptar ao tamanho e formato das telas em que são exibidos. A estrutura em HTML, o conteúdo e as imagens permanecem como no desktop, mas os elementos mudam de tamanho e forma para caber nas diferentes telas de tablets e celulares.

Os sites responsivos usam a mesma estrutura de código da versão para desktop e, portanto, não carregam com grande velocidade em redes 3G ou 4G. 

Já os sites mobile, também chamados mobile first (mobile primeiro), são desenhados especificamente para serem exibidos em dispositivos móveis, com templates, conteúdo e funcionalidades para esse tipo de acesso.

Em geral são recomendados para páginas maiores, mais pesadas ou complexas, que ficariam difíceis de reproduzir em um site responsivo. Sites mobile usam código otimizado para carregar mais rápido e, de forma geral, fornecer uma experiência melhor.  

Prós e contras do site responsivo

A responsividade garante que um site seja acessado ao longo do dia, de diferentes dispositivos, e funcionando bem em todos eles. São vantagens e desvantagens do site responsivo:

Prós:

  • Eficiência: com o design responsivo, a empresa só precisa de um conjunto de conteúdo. Isso poupa tempo e dinheiro que seria gasto em conteúdo para dispositivos diferentes.
  • Produtividade: a empresa mantém um único site. Com um clique, dá para fazer uma atualização que vale para todos os usuários, não importa onde estejam ou como acessam.
  • Tráfego: o acesso ao site não é diluído por URLs diferentes.
  • Garantia: se o site já é responsivo, importa menos se na próxima geração de celulares a marca mais popular vai ser iPhone ou Samsung, ou se as telas vão crescer ou diminuir. O design já é feito para se adaptar.

Contras:

  • Experiência do usuário: um vídeo pode cair bem num monitor e ficar difícil de ver numa tela de celular, exigindo virar o celular na horizontal, por exemplo, e bagunçando a usabilidade do site.
  • Jornada do consumidor: usuários de desktop/notebook e de celular se comportam de forma diferente. Dependendo do segmento, uma empresa pode fazer mais vendas investindo em mobile.
  • Velocidade: um site responsivo ainda vai carregar de forma mais lenta nos celulares que um site mobile, que é feito de forma mais enxuta.

Prós e contras do site mobile (m.)

O site mobile pode ser facilmente reconhecido por ter um m. antes do endereço. Ele tem a "cara" de ser feito para celular. Vamos aos prós e contras:

Prós:

  • Velocidade: o site mobile carrega mais rápido e facilmente nas plataformas móveis. É ainda mais importante no Brasil, onde a conexão em geral é muito lenta, em especial fora das grandes cidades.
  • Experiência do usuário: a interface é mais bonita e mais fácil usar, por ser feita considerando as limitações do celular e o tamanho e formato (vertical) da tela.
  • Buscas locais: os sites mobile se beneficiam mais dos algoritmos de busca porque os celulares levam em conta a localização do usuário. Negócios físicos, como supermercados e restaurantes, têm ainda mais a ganhar.

Contras:

  • URLs diferentes: o cliente tem que se lembrar de dois endereços diferentes ou ser redirecionado ao site mobile, o que pode levar vários segundos. 
  • Manutenção: a empresa terá de manter dois websites (o tradicional e o m.). Isso também vai exigir mais trabalho de SEO, para que ambos os sites sejam facilmente encontrados no Google.
  • Compatibilidade: como existem muitos dispositivos móveis e navegadores diferentes, nem sempre o site mobile vai se adaptar da melhor maneira a qualquer tela.
  • Preço: em geral um site mobile custa mais caro para desenvolver. No mínimo, será um site a mais, somando-se ao site tradicional da empresa.

Tomando a decisão: site responsivo ou mobile?

Não existe uma solução única para todas as empresas na hora de escolher entre responsivo e mobile. A melhor escolha depende do mercado, do comportamento dos consumidores e da estratégia de negócios.

A primeira coisa que a empresa precisa fazer é usar analytics para medir a proporção do tráfego que já vem de dispositivos móveis. No Brasil, a maior parte dos usuários exclusivos de mobile é de consumidores das classes C e D, mas uma marca sofisticada de roupas ou uma loja de games também pode ter muitos acessos via celular ou tablet.

Sites responsivos se adaptam também a mais orçamentos, mas a velocidade e funcionalidades do site mobile podem compensar o investimento extra. Isso acontece porque a velocidade de carregamento é um dos principais fatores para o site fechar mais vendas.

Para levar em conta todos esses quesitos, é muito importante buscar profissionais especializados que saibam direcionar a escolha do tipo de site de acordo com as necessidades e estratégias da empresa.

Elaboramos este artigo para apresentar a você os conceitos de site responsivo e mobile e suas principais características. Agora que você sabe mais sobre o assunto, entenda como funciona o marketing digital e como aplicar em sua empresa.