O que é Newsletter e por que eu devo fazer para meu negócio?

Atrair o público até a sua empresa por meio de conteúdos relevantes é o principal objetivo do marketing de atração. Nessa estratégia, uma das ferramentas mais utilizadas para a distribuição de conteúdos de valor e também para o relacionamento com o cliente é a newsletter. Você sabe o que é newsletter e qual é a melhor maneira de utilizá-la?Tem ideia da importância dessa ferramenta para o seu negócio?

Diferentemente do marketing tradicional, no marketing de atração o objetivo não é apresentar a sua promoção ou as características do seu produto “logo de cara”, esperando que o interlocutor responda positivamente a sua proposta.

Nessa abordagem o foco é desenvolver o relacionamento com o público, suprindo as necessidades do seu cliente à medida que ele avança naturalmente pelas fases do funil de vendas. É nesse processo que as newsletter exercem uma função muito importante.

O que é newsletter?

Mesmo que a sua empresa tenha um grande mercado, os seus potenciais consumidores se encontram em estágios diferentes de maturação — sendo maduro aquele consumidor que está ativamente procurando adquirir os seus serviços ou produtos.

Dessa maneira é importante que a sua empresa foque na construção de um relacionamento a longo prazo, o que acarreta benefícios tanto para o cliente — que acaba tomando decisões mais embasadas e confiantes — quanto para a empresa — que poupa tempo e recursos, abordando apenas aqueles perfis mais avançados no funil.

Para alcançar esse objetivo, o uso de newsletter é fundamental, visto que ajuda a manter o seu cliente sempre por perto e a distribuir o conteúdo produzido pela empresa. O boletim de novidades ou boletim de notícias, em tradução livre para o português, é enviado para a sua base de contatos, assumindo várias funções a depender do objetivo pretendido.

Alguns exemplos são:

  • divulgar as novidades da empresa;

  • realizar ações de reconhecimento e fortalecimento de marca perante o público;

  • nutrição de leads, entre outros.

Como a newsletter funciona?

Agora que já entendemos um pouco mais sobre o que é newsletter, precisamos compreender como ela funciona. Visualize o exemplo presente na seguinte situação: após realizar uma busca no Google, um cliente em potencial encontra um artigo produzido pela sua empresa que responde exatamente às dúvidas que estava procurando sanar.

O resultado dessa ação é que a sua empresa passa a se tornar um ponto de referência na web sobre aquele assunto. Quando surgirem novas dúvidas relacionadas ao tema, muito provavelmente é por você que esse mesmo cliente vai procurar.

Após uma apresentação benfeita, é possível oferecer como “isca” um conteúdo mais focado, como guias ou e-books. Com isso, você busca converter esse visitante em um lead, ou seja, uma oportunidade de negócio. É nesse momento que ele está propenso a assinar a sua newsletter.

Essa assinatura consiste em um pequeno e objetivo formulário, que pede apenas informações básicas como nome e e-mail, para evitar desistências precoces. Lembre-se que você não deve apresentar ofertas ou promoções — isso fica para um segundo momento.

Ao completar o cadastro, o usuário passa a fazer parte da sua base de contatos. A partir daí, sua empresa fica responsável por gerir esse relacionamento de forma que torne possível converter os leads captados em vendas.

Para essa finalidade são distribuídos mais conteúdos de valor, que continuamente vão instigar o interesse dos clientes em potencial e movê-los para as próximas etapas do funil de vendas.

Apenas para se ter uma dimensão da eficácia desse método, uma pesquisa feita pela Rock Content revelou que cerca de 59,9% dos contatos de uma lista de e-mails são procedentes da assinatura de newsletter.

Quais são as boas práticas de envio de newsletter?

Agora vamos listar e explicar alguns dos pontos fundamentais que você deve prestar atenção na hora de construir sua newsletter e obter resultados mais efetivos:

Atentar-se à linguagem da persona

Manter o potencial cliente interessado é a palavra de ordem, e para isso é necessário planejar bem cada boletim. Ofereça sempre algo novo ao público, adaptando a mensagem à linguagem utilizada por sua persona (perfil de cliente semifictício) — tudo de maneira clara e objetiva.

Focar no longo prazo

Produzir conversões no curto prazo não é o foco das newsletters, pois essas são ferramentas de longo prazo, com o objetivo de criar vínculos duradouros com o leitor. Sendo assim, é necessário sempre produzir algo útil, que seja relevante ao seu público, caso contrário o seu conteúdo pode acabar rapidamente na caixa de spam ou na lixeira.

Ter uma frequência de envio

Para responder sobre a frequência ideal de envio é preciso traçar os objetivos almejados pela empresa e o perfil do público-alvo. Existem empresas de sucesso que enviam newsletter diariamente, já para outras, essa estratégia pode cansar os leitores.

Essa decisão também se relaciona à estrutura disponível na empresa, uma vez que equipes maiores podem produzir conteúdos com mais frequência.

Tomar cuidado com o CTA

O call to action (CTA) representa o caminho que o seu público vai percorrer até chegar na sua empresa. É por meio dos cliques no CTA que é possível mensurar os resultados e indicadores obtidos na campanha, como periodicidade, assuntos e horários. Então não deixe de destacar bem esse botão na sua newsletter!

Ter um conteúdo escaneável

Priorize um layout simples e responsivo. Um conteúdo bem construído e bem apresentado, respeitando regras de indexação, SEO e fluidez na leitura é de fundamental importância para garantir uma ótima experiência do usuário.

Lembre-se que a mensagem deve ser clara, objetiva e cumprir com o objetivo proposto em cada etapa do funil de vendas.

Fazer ajustes

Afiar o machado é prática constante do lenhador para garantir um corte perfeito. Nenhuma newsletter começa a gerar resultados com 100% de aproveitamento. Pelo contrário: os ajustes devem ser feitos conforme a análise dos indicadores de desempenho, segundo as métricas e os resultados obtidos em cada campanha.

Tudo deve ser feito de maneira planejada e ponderando constantemente os custos e benefícios das mudanças a serem adotadas.

Por que criar uma newsletter para a empresa?

Como já abordamos aqui, por meio da newsletter é possível construir um relacionamento empresa-consumidor, pois ao assiná-la, o cliente demonstra interesse naquilo que a sua empresa oferece.

Algo muito importante e que deve ser destacado é o tempo de permanência dos usuários comuns com o mesmo e-mail ao longo de muitos anos. Essa característica do consumidor se constitui em uma oportunidade para as empresas, pois encontram na sua lista de e-mails uma forma de comunicação mais efetiva. Esse é o potencial das newsletter como ferramenta de relacionamento, comunicação e prospecção.

Construir e nutrir ao longo do tempo uma base forte de e-mails representa vantagem competitiva, que gradativamente se traduz em bons resultados mercadológicos e financeiros para a empresa.

Frisamos mais uma vez que o mais importante é conhecer o seu público, ajustando sua estratégia constantemente em busca dos melhores resultados.

Agora que você já compreendeu o que é newsletter e suas principais características, siga-nos nas redes sociais (InstagramFacebookTwitter) e fique por dentro de muitos outros assuntos!