O que é teste A/B e por que você deveria começar a usá-lo?

Para saber o que é teste A/B, tenha em mente que todo site tem um objetivo e uma razão para existir. Por exemplo: e-commerces desejam que os visitantes comprem seus produtos. Sites de Software as a Service (SaaS) querem que os usuários façam trial da ferramenta. Já os portais de notícias precisam que os leitores cliquem nos anúncios ou se inscrevam em sua seção paga.

Ou seja, toda e qualquer página tem um propósito. Como saber se esse objetivo está sendo alcançado da melhor forma possível? A resposta, quase que 100% das vezes, é: por meio de testes. A seguir, veja o que é teste A/B e saiba tudo sobre o assunto!

O que é teste A/B?

Teste A/B nada mais é do que você comparar duas versões de uma mesma página e analisar quais das duas tem um melhor desempenho com relação aos objetivos almejados. Para isso, é preciso escolher variáveis que serão modificadas e deixar a página online para os visitantes. A que tiver a melhor taxa de conversão vence.

Uma dica valiosa é a de selecionar apenas dois itens que diferenciarão uma página da outra. Assim, é possível saber exatamente qual foi a mudança que trouxe melhora nas taxas de conversão.

O benefício da técnica é o de gerar valiosos insights sobre o comportamento das pessoas que frequentam determinada página. Adquirir tráfego não é algo fácil e barato e, por isso, as chances de converter visitantes para o próximo passo da jornada do cliente não podem ser perdidas.

Por que fazer?

A resposta para essa pergunta é simples e direta: você entregará um conteúdo de melhor qualidade para sua audiência. Um estudo feito pela VWO apontou que testes A/B podem levar a um aumento de 89% nas taxas de conversão.

Os principais benefícios em utilizar a técnica são:

  • queda significativa das taxas de rejeição;
  • aumento das taxas de conversão;
  • crescimento da percepção de valor com relação ao conteúdo;
  • aumento das vendas.

Ao saber exatamente o que funciona ou não, e ter evidências para embasar a tomada de decisão, fica mais fácil a construção de materiais efetivos e que promovam resultados concretos. É importante testar com frequência já que o comportamento da audiência pode mudar com o tempo.

O que pode ser testado?

O céu é o limite. Se algo pode ser modificado, significa que ele pode ser testado. Alguns dos principais itens passíveis de testes são:

  • headline;
  • gráficos relacionados à sua oferta de venda;
  • a descrição dos produtos;
  • o discurso de venda;
  • textos;
  • depoimentos;
  • botões de CTA;
  • texto de CTA;
  • links;
  • imagens;
  • informações de compartilhamento em redes sociais;
  • selos e certificados recebidos pela empresa;
  • página com a precificação;
  • entrega com ou sem frete grátis;
  • duração do período de trial.

Como executar um teste A/B?

Um teste A/B bem-feito exige precisão científica. Por isso, é importante seguir algumas diretrizes:

Estude os dados

Procure estudar, e muito, todos os dados do seu site. Para isso, você pode usar ferramentas como o Google Analytics. Nele, você poderá identificar quais são os acessos de cada página, fontes e origem do tráfego, taxa de rejeição, percentual de saída, entre outros.

Identifique o padrão de comportamento do seu usuário

Para isso, é interessante contar com a ajuda de ferramentas específicas que apontarão os motivos para as altas ou baixas taxas de conversão. Assim, você saberá se o problema está na posição do botão de CTA, se as cores estão erradas, se a formatação do texto é inadequada, entre outras dicas.

Parta para as análises qualitativas

Depois da coleta de dados quantitativos, é preciso iniciar a análise qualitativa. Por isso, pergunte aos clientes e aos visitantes quais são as suas preferências. O propósito é entender como eles pensam, sentem e se comportam com relação à página.

Escolha uma variável para testar

Digamos que, a partir dos dados coletados, você suspeita que o formulário de sua landing page está muito longo. Então, crie duas páginas de conversão com formulários distintos. Coloque ambas “para rodar”.

Dê tempo suficiente para a coleta de dados.

Quanto maior a quantidade de tráfego gerada pelo seu site, menor será o tempo necessário para conseguir resultados que evidenciem as preferências do público consumidor do seu conteúdo.

Faça a análise dos resultados.

Se houve um ganhador proeminente, não hesite em implementar a mudança de forma definitiva. Caso o resultado tenha sido inconclusivo, passe para uma segunda análise. Por exemplo, mantenha os formulários idênticos e mude a imagem da landing page, ou quem sabe, a cor do botão de call to action. Aja assim que os resultados obtidos forem conclusivos.

Documente e compartilhe os resultados

É importante sempre se preocupar com a gestão do conhecimento para que o site se mantenha sempre efetivo, então, não esqueça de documentar os resultados e compartilhar com todos os envolvidos.

Posso testar mais de uma variável por vez?

Existem duas abordagens para essa pergunta. Digamos que você tenha três opções para botão de CTA. Faz mais sentido você direcionar a sua audiência para três landing pages distintas e ver qual teve o melhor resultado do que fazer testes “A x B”, “B x C” e “A x C”.

A dica é deixar o teste rodando por um tempo maior e garantir a exposição necessária para gerar uma quantidade suficiente de dados que corroborem com a pesquisa.

Agora, imaginemos o caso hipotético de testar o CTA e a imagem de uma landing page. Nesse cenário, como são itens distintos a serem analisados, o teste fica mais complicado e não pode ser caracterizado como um experimento A/B.

Entender o que é teste A/B e saber como executá-lo é o primeiro passo para responder a importantes perguntas sobre o seu negócio. A partir da execução efetiva dos testes, será possível gerar mais receita proveniente de estratégias de marketing bem pensadas.

Dados são os responsáveis pelo sucesso do marketing digital. Por isso, não hesite em começar a coletá-los. A partir de testes A/B efetivos, será possível implementar mudanças que vão impactar a forma como o seu conteúdo é consumido.

Gostou de aprender o que é teste A/B? Para ler mais conteúdos como este, é só assinar a nossa newsletter. Assim, você estará sempre informado com relação ao que há de mais novo no mundo dos negócios digitais!