O que é WordPress? Tudo que você precisa saber sobre o assunto!

Hoje em dia, é praticamente impensável abrir uma empresa sem trabalhar sua presença digital. Afinal, qual é um dos primeiros passos que você toma quando quer encontrar um produto ou serviço? Isso mesmo, buscar no Google.

Para que seus futuros clientes o encontrem, é essencial criar um site. E essa tarefa não precisa ser tão trabalhosa quanto parece. Você sabe o que é WordPress? A plataforma é uma das preferidas atualmente e vai facilitar sua vida.

Então se prepare para saber tudo o que é preciso sobre o WordPress. Seus benefícios, como usar e até mesmo os recursos disponíveis. Confira!

O que é WordPress?

Há alguns anos, se você perguntasse para qualquer pessoa o que é WordPress, provavelmente receberia uma resposta parecida com “é para blogs”, e ela estaria parcialmente correta. Mas essa ferramenta é muito mais que isso hoje em dia.

A plataforma de publicação de blogs e sites é capaz de oferecer suporte na hora de criar até e-commerces complexos — e isso até para quem não é nenhum Steve Jobs. Só para se ter uma ideia, de acordo com um levantamento feito em 2015, mais de 25% de toda a web utiliza a plataforma!

Seu lançamento aconteceu em 2003 e, por ser um software livre, depende da comunidade de usuários que ajuda não só a esclarecer dúvidas de uso e instalação como também cria novas funcionalidades. Até existem outras ferramentas similares, como o Joomla, mas nenhuma delas é tão popular.

Resumidamente, o WordPress é um Sistema de Gestão de Conteúdo, também conhecido como Content Management System ou simplesmente CMS. Esse tipo de sistema dá aos usuários a capacidade de publicar, editar, modificar, organizar e deletar conteúdo por meio de uma interface central e única.

Ou seja, você cria uma base de dados repleta de informações, que podem ser desde textos e fotografias até vídeos e áudios.

Como o WordPress funciona?

Para instalar a plataforma, tudo o que você precisa é um domínio e um serviço de hospedagem de sites. Muitos provedores, inclusive, oferecem os dois serviços no mesmo lugar para facilitar todo o processo.

Após configurar ambos (domínio e hospedagem), é só buscar a versão mais recente do WordPress, também disponível em português. Você pode escolher entre os formatos .zip e .tar.gz, no botão à direita. Mas tenha certeza de que sua hospedagem suporta:

  • PHP na versão 7 ou superior;

  • MySQL na versão 5.6 ou superior;

  • suporte a HTTPS.

Tanto a instalação quanto as atualizações da plataforma são bem rápidas, levando, no máximo, dez minutos. Ela já vem com uma série de funcionalidades para tornar toda a experiência mais fácil, mas você sempre pode baixar novos recursos.

Alguns serviços de hospedagem, no entanto, facilitam ainda mais esse processo com instaladores automáticos. Assim, o trabalho é reduzido e o WordPress estará pronto para uso em apenas um minuto.

O funcionamento da plataforma é centralizado em um painel de controle chamado “Dashboard”. No menu, você encontra todas as ferramentas necessárias para formatar o layout do seu site e acrescentar informações.

Quais os benefícios do WordPress?

Se ainda está se perguntando por que essa ferramenta é tão popular, confira alguns dos seus benefícios.

É gratuito

Para começar, uma das maiores vantagens do WordPress é esse custo zero. Ao instalar, você também fará parte dessa comunidade que mantém a plataforma ativa. O melhor é que é possível acompanhar tutoriais e receber ajuda quase que instantaneamente em fóruns no próprio site.

Oferece design responsivo

Uma das vantagens que faz a diferença para o consumidor é que o WordPress tem design responsivo, ou seja, ele adapta-se ao tipo de dispositivo utilizado por quem visita o site, seja mobile ou desktop. Além da facilidade para o cliente, isso facilita também a vida de quem administra, pois pode ajustar configurações ou subir informações de onde estiver.

O design responsivo ajuda ainda em seu ranqueamento no Google e, consequentemente, no SEO do seu site.

Melhora a otimização do site

Falando em SEO, o WordPress, sempre ligado às tendências de mercado, otimiza o site, melhorando sua colocação orgânica nos mecanismos de busca — com isso, ganha-se algumas posições em sites como o Google.

Além dessa melhora orgânica, é possível instalar plug-ins que ajudam a otimizar também o conteúdo.

Em contrapartida, a segurança dessa plataforma ainda deixa a desejar. Por ser tão popular, recebe muitos ataques direcionados. Prevendo esses ataques ou corrigindo vulnerabilidades já encontradas, a todo momento surgem atualizações do WordPress.

Tenha a certeza de sempre utilizar a versão mais recente. Outras medidas efetivas para garantir a segurança incluem realizar backups regulares, utilizar temas e plug-ins confiáveis, além de definir as permissões corretas para arquivos e pastas.

Que recursos estão disponíveis?

Como mencionamos, além da plataforma ser bastante intuitiva para quem está começando, o WordPress oferece ainda uma série de recursos que podem complementar seu site, seja com um tema específico ou com um plug-in para formulário de contato, por exemplo.

A seguir, explicaremos cada um desses recursos.

Plug-ins

Plug-ins são ferramentas que complementam ou modificam funcionalidades do WordPress. Alguns são gratuitos e outros — a grande maioria —, pagos. Se você sente alguma necessidade específica para seu negócio, é só procurar o plug-in certo.

Eles podem ser úteis, por exemplo, para dar uma impulsionada no SEO ou para modificar a caixa de comentários do seu site, integrando-o com o Facebook. Outros plug-ins úteis são aqueles que lincam as redes sociais da sua empresa em posts do blog. Assim, fica mais fácil de seus clientes o encontrarem nas redes.

Conheça alguns dos mais indicados para determinadas funcionalidades:

  • SEO — uma das maiores preocupações atuais é com a otimização do site; para isso, um dos plug-ins mais indicados do momento é o Yoast SEO;

  • Google Analytics — é bom ter uma ideia do quanto de tráfego seu site gera e o que as pessoas estão buscando no Google para chegar até ele; um bom plug-in para isso é o Google Analytics Dashboard;

  • comentários — você vai perceber logo que as caixas de comentário do WordPress precisam ser aprimoradas; uma das soluções mais interessantes é o Disqus, plug-in gratuito que oferece a opção de adicionar imagens nos comentários ou ordenar por ordem de relevância;

  • compartilhamento — outra funcionalidade que pode ajudar a gerar engajamento é acrescentar botões de compartilhamento para as redes sociais; o Flare é fácil de configurar e pode ser colocado no início, meio ou fim do artigo.

Temas

Os temas são o layout do seu site. Dentro do próprio WordPress é possível encontrar uma centena deles, gratuita mesmo. É só instalar o tema desejado e configurar as páginas da forma como você preferir.

Existem temas específicos para diferentes tipos de sites: blogs, e-commerces, sites de empresa e até mesmo portfólios de fotografia.

Ainda há a possibilidade de modificar esses temas para ajeitar detalhes que não estão do seu agrado. Essas modificações, no entanto, precisam de conhecimento técnico, são um pouco mais difíceis de fazer. Uma solução é orçar um web designer para criar um tema do zero ou adaptar um que você tenha gostado.

Agora, que você sabe o que é WordPress e todas as suas funcionalidades, pode analisar para saber se é uma boa opção na hora de criar o site da sua empresa. Ainda tem dúvidas? Usa o WordPress? Deixe um comentário abaixo contando sua experiência!