Seu site está preparado para o Natal 2020?

Não é preciso nenhuma pesquisa ou estudo para saber qual a época do ano que o comércio – seja o eletrônico ou o convencional – mais fatura no ano.

Todo mundo sabe o que o Natal representa para o faturamento de muitas empresas e é por isso que todos se preparam para essa época. E você, já está trabalhando nisso?

Se ainda não, ou se imagina que porque não tem um e-commerce, vai ficar de fora, ainda é tempo de rever seus conceitos e tirar algum ou muito proveito da presença digital que você tem.

Mas não é apenas trazer mais visitantes, converter mais, engajar mais e faturar mais. Preparar seu site para o Natal 2020, é ir além. Se você quer saber como, é só nos acompanhar até a última linha do que preparamos para você!

O que é preparar o site para o Natal?

Significa fazer muita coisa!

E não se restringe a quem tem uma loja virtual.

Também em muitos casos, não significa grandes investimentos. Em alguns casos, pode se resumir a algum trabalho adicional ou apenas o trabalho que você já tem regularmente para manter seu site funcionando, mas com um enfoque um pouco diferente.

Quando falamos de site, referimo-nos a sua presença digital, ou seja, seu site institucional, seu blog, suas redes sociais ou aquilo que permite-lhe afirmar que você tem pelo menos um canal da sua empresa na Internet.

Preparar o seu site – seja ele de qual tipo for – para o Natal, é desenvolver ações para que os visitantes o acessem porque alguma coisa nele remete a essa época do ano e que começa bem antes do dia 25 de dezembro.

É desenvolver campanhas de e-mail Marketing segmentadas, é utilizar a mídia paga, é oferecer promoções, descontos, frete grátis, é preparar landing pages, é criar páginas de ofertas, mas é também produzir conteúdo que as pessoas consomem nessa época, pelas mais diversas razões e que não se resumem a comprar presentes.

E é essa uma das razões porque não é motivo de trabalho apenas por parte de quem tem um e-commerce – conteúdo!

As pessoas não têm apenas mais dinheiro para gastar por conta do 13º e das férias coletivas. Elas precisam de ideias de presentes criativos e/ou personalizados, elas participam de amigos secretos da empresa em restaurantes e bares, elas viajam, elas decoram a casa, preparam a mesa da ceia e a ceia.

Até mesmo a ceia, pode exigir cuidados para os amigos ou parentes vegetarianos e veganos. Os vegetarianos já são 14% no Brasil e assim, o peru, o pernil e o tender precisam de alternativas para atender a esse público.

Mas também querem experimentar todas as sensações e sentimentos que a época desperta nas pessoas.

Portanto, as pessoas também procuram conteúdos relacionados ao imaterial. O ser humano, a solidariedade, a fraternidade, a inclusão social e assistência social, o amor e tudo o que é essencial ao ser humano e que transborda aos aspectos meramente materiais.

Resumidamente, há muito conteúdo cuja procura aumenta nessa época e se é esse – o conteúdo – o principal pilar da sua presença digital, você tem uma chance de ouro para trazer mais visitantes e para satisfazer aqueles que chegam ao seu site.

7 dicas do que fazer para o site de Natal

Naturalmente não há uma receita única e que sirva a 100% dos casos.

Depende do que você tem e até mesmo dos recursos de que dispõe para investir, apesar de que a maior parte do que veremos a seguir envolve apenas trabalho e na maioria das vezes, vontade de fazer e coração!

Antes de colocar a mão na massa, se você ainda não percebeu, é importante salientarmos que essa “pequena cartilha” não é destinada apenas ao e-commerce.

Na verdade, esse tipo de site nem é o nosso foco, não porque não seja importante, mas porque quase todo material que existe na Internet a respeito, é orientado a quem vende pela Internet, deixando muitas vezes de lado os outros tipos de sites.

Outro ponto, é que os grandes já estão com suas campanhas de Natal prontas, apenas esperando o Black Friday passar para começarem com suas ações. Mas se não é o seu caso e não quer perder a oportunidade, ainda há tempo.

1. Landing pages

Para quem não sabe, landing pages se traduzidas ao pé da letra, são páginas de aterrizagem, ou seja, é a página onde seu visitante “desembarca” quando clica em um link em uma rede social, em links patrocinados, no e-mail Marketing ou qualquer outro tipo de ação que você tenha desenvolvido para trazer visitantes.

Produzir uma landing page que ajude na conversão, na permanência, no consumo de mais conteúdo, é fundamental.

Uma dica importante, é: “lembre-se que aqui a preocupação é o Natal! Não é a landing page que você usa nos outros 11 meses do ano!”.

Em outras palavras, converter é importante. Produzir engajamento, também é. Mas isso deve ser consequência e não fim.

O Natal é uma época em que as pessoas são tomadas outros sentimentos e conseguir traduzi-los em uma landing page em sintonia com o período, é meio caminho andado para atingir os seus objetivos.

2. E-mail Marketing

O e-mail Marketing é um instrumento importante, mas cujos resultados estão intimamente relacionados com outras ações, como por exemplo, a criação de uma landing page apropriada.

Além disso e sabendo da sua importância, é no Natal entre todas as épocas festivas do ano, que as empresas mais fazem e-mail Marketing. Isso somado ao mundo de coisas que as pessoas recebem nessa época, transforma a caixa de entrada da conta de e-mail em um verdadeiro mar de lixo eletrônico para muitos usuários.

Se você não fizer diferente, não for criativo e não enviar conteúdo relevante e de interesse, será apenas mais um.

A começar pelo assunto. Quantas mensagens têm as palavras “promoção de Natal”? Se não todas, a maioria.

Ir direto ao ponto, também é importante. Valorize o tempo do destinatário e não se esqueça que ele tem outras 184 mensagens para ler além da sua.

Por fim, mas não menos importante, segmente. De que adianta mandar a receita perfeita de pernil para um vegano?

3. Marketing de Conteúdo

Ele – o Marketing de Conteúdo – é tão importante quanto em qualquer época do ano. Mas aqui a importância é ainda maior. Você não tem 12 meses. Só tem 1!

Trabalhar o conteúdo, o SEO, escolher as palavras-chaves com base na definição das personas a quem você pretende atingir, é ainda mais importante.

Naturalmente Natal será uma palavra-chave que deve constar, mas a lista de outras palavras, especialmente as de cauda longa ou palavras-chaves long tail, devem ser cuidadosamente escolhidas.

Assim, “decoração de natal” e “decoração de natal 2020, gastando R$ 100,00” são essencialmente diferentes, tanto em termos do público que você traz, como da concorrência que você tem em termos de SERPs e ainda situa no tempo o conteúdo.

Pense também na segmentação do conteúdo. Como dissemos antes, vegetarianos e veganos constituem um público bem específico, que vem aumentando a taxas importantes e que a indústria e as empresas estão de olho.

Poder atender a demandas de públicos específicos, se você pode fazê-lo, pode trazer um retorno importante e conquistar clientes novos e que muitas vezes são desconsiderados pela maioria. Também demonstra respeito ao visitante. Trazer muitos visitantes, não é tão bom como trazer os visitantes certos.

Isso chama-se Marketing de Atração ou Inbound Marketing!

A lista de possíveis conteúdos e abordagens, é grande bastando adaptar a realidade do seu negócio:

  • 10 ideias criativas de presentes para o Natal 2020;

  • 5 lugares para conhecer nas férias de fim de ano em 2020;

  • Ceia criativa, barata e fácil;

  • Ceia de Natal 2020 para vegetarianos e veganos;

  • Como surpreender com o presente de Natal em 2020;

  • Tutorial para decoração de Natal 2020;

  • DIY – decorando para o Natal 2020 gastando pouco;

  • Decoração de Natal 2020 – faça você mesmo;

  • Mensagens de Natal para toda a família;

  • Natal 2020 em família;

  • Roupa para a ceia de Natal 2020;

  • Sobremesas de Natal 2020;

  • Compras de Natal 2020 sem acabar com o 13º.

Note que algumas palavras são fundamentais na composição tanto do conteúdo, como do título para o trabalho de escolha das palavras-chaves long tail e consequentemente da eficiência do SEO.

Natal e 2020 aparecem em quase todas as opções, mas o que diferencia o “seu Natal 2020” dos milhares de outros é o que vai levar o visitante ao seu site e não do concorrente, como por exemplo, “Ceia de Natal 2020 para vegetarianos e veganos”.

4. Redes Sociais

Elas estão presentes na vida de todo mundo ao longo dos 12 meses do ano e convencê-lo da sua importância já não é mais a questão.

O que importa aqui, é outro ponto. Justamente pelo clima que envolve e predomina entre as pessoas na época natalina, é quando o compartilhamento de conteúdo associado é maior, bem como a interação entre as pessoas aumenta.

O conteúdo criado para o site e para as redes sociais, deve ter sempre uma boa dose dos sentimentos que caracterizam as festas natalinas e que são o amor, a fraternidade, a paz, a solidariedade. Natal é bem mais do que ceia, presentes e festa.

Conteúdo que ressalta o verdadeiro espírito natalino, favorece o compartilhamento e as curtidas. Se for suficientemente bom em termos de tocar os sentimentos mais profundos, é candidato a viralização.

5. O espírito de Natal

Já falamos nisso, mas dada a importância, merece ainda mais destaque.

Tudo o que é feito para o Natal, não deve ser pensado apenas com o intuito de se tornar um conteúdo viral, produzir curtidas, compartilhamentos e comentários. Isso deve ser consequência.

Se ao produzir o conteúdo seu principal objetivo for dar sua participação de modo genuíno, autêntico e sincero, o ser humano na outra ponta tende a ser sensibilizado.

Há muitos exemplos de campanhas de Natal que conseguem traduzir em imagens, palavras e sons o simbolismo que existe por trás dessa data.

Não é difícil encontrar boas campanhas, mas vamos nos restringir a apenas quatro exemplos, sendo que apenas um é de empresa brasileira, um é de 2020 e os demais são de anos anteriores e um é em alemão, mas exceto pela menagem final que está no idioma alemão, vai além da linguagem falada.

Apenas para poupar o trabalho de ir ao Google Tradutor, a mensagem final do vídeo da rede de supermercados alemão Edeka e que é “die wichtigste zutat zum fest ist liebe”, significa em português “o ingrediente mais importante da comemoração é o amor”.

Nos exemplos dos vídeos de Bertrand Livreiros e O Boticário, só se sabe que se trata da empresa por trás, nos últimos segundos dos vídeos.

O exemplo de 2020, do canal do YouTube de Bertrand Livreiros, apresenta o Natal e a ainda presente ameaça da pandemia do coronavírus.

Naturalmente não estamos sugerindo que se façam vídeos como esses, cuja idealização exige um bom investimento, a não ser que você possa. Mas que compreenda quando falamos de espírito de Natal na sua campanha.

6. Responsabilidade Social

Na mesma linha do item imediatamente acima, é uma boa ocasião para a empresa exercer sua responsabilidade social.

O Natal de muita gente não é Natal! Há inclusive muitos que nunca viveram o seu verdadeiro simbolismo, por simples impossibilidade.

Há aqueles que não tem nem motivos para comemorar, porque não têm família, amigos, um teto e um simples pedaço de qualquer coisa para comer.

Campanhas como “Natal Solidário” – para citar apenas uma possibilidade – acontecem em praticamente todas as cidades do país, organizadas por diferentes entidades, associações, ONGs, arrecadando coisas e realizando ações que tornam o Natal dos menos favorecidos ou daqueles sem algum amparo social, mais acolhedor, mais fraterno, menos solitário, mais solidário.

Participar e usar sua presença digital para mobilizar seus visitantes em torno de causas similares, além dos benefícios para a imagem da empresa, do processo de branding, é atuar com responsabilidade social e de acordo com o espírito natalino.

Mas também é um exemplo, que o fim não são as visitas que você consegue, os comentários dos visitantes, as curtidas e compartilhamentos, mas o que sua empresa faz pela sociedade da qual ela e seus clientes fazem parte. Todo o resto, é apenas consequência.

7. Mais humano, menos empresa

Não use o e-mail Marketing apenas para as promoções de Natal, ou a newsletter só para informar dos novos conteúdos do site. Use-os para levar uma mensagem ao visitante, ao cliente, ao internauta, ou seja lá como você o chama.

Abandone por um só momento a relação cliente / empresa.

Enxergue na persona que compra ou consome qualquer coisa durante 11 meses do ano, outro ser humano. Use um tema agradável e bonito para o blog. Faça-o sentir-se bem e acolhido no blog.

Deixe de lado a abordagem publicitária para o conteúdo que você produz. Use uma linguagem menos formal e faça-o saber que por trás daquele site, há pessoas e motivações que vão além do retorno monetário que eventualmente ele pode lhe proporcionar.

Escreva e mande a mensagem de fim de ano, como se a estivesse escrevendo ao melhor amigo, ou a pessoa que mais ama!

Festeje e celebre com ele, afinal é só por ele que você existe!

Conclusão

O Natal de 2020 está chegando e como ele a missão de criar uma presença digital adequadamente orientada ao espírito natalino e tudo que ele representa. Preparar o site para o Natal, é mais do que mudar o tema do site e colocar um punhado de promoções. Um site verdadeiramente orientado a essa época tão especial, requer mais do que mente, um pouco também de coração!

Comentários ({{totalComentarios}})