Instalador Automático de CMS

Instalador Automático de CMS

Sites com aparência profissional ou pelo menos com uma apresentação muito boa, têm sido mais e mais frequentes, sem que para isso tenha que se investir muito tempo, trabalho e dinheiro em sua criação. Tudo isso graças a um grupo de aplicações para Internet, chamadas de CMS. O que é um CMS e o que é um Instalador Automático de CMS, devem ser perguntas que você esteja fazendo se você é novo nessa área.

O que é CMS?

Fique tranquilo, porque é para os leigos e também para aqueles que não são, mas que não querem e nem precisam ser experts ou mesmo razoáveis conhecedores de Internet, que os CMSs foram criados. Mas vamos ao que interessa – CMS é Content Management System, ou em bom português, Sistema de Gerenciamento de Conteúdo.

Os CMSs são aplicações que são instaladas em sua conta de hospedagem para gerenciar o conteúdo de um site que você queira criar e realizar a manutenção, sem que você tenha que saber algo de programação, de ambiente de hospedagem e nem mesmo tenha que ter muito trabalho para organizar o conteúdo no site, mesmo que queira reformulá-lo por inteiro.

Através dele você não precisa se preocupar com a forma, aparência e diagramação dos textos, imagens e outros elementos que compõem o site. Basicamente seu trabalho reside em fornecer o conteúdo e o CMS produz o resultado final, na forma de um site bem facilmente administrável. Geralmente eles não são mais difíceis de utilizar, do que seu editor de texto favorito e inclusive as principais funcionalidades, são bem parecidas.

Mais que isso, os CMSs são modulares e assim, por meio de plugins e complementos - que basicamente são trechos adicionais de programação ou módulos - implementam funcionalidades extras e modificam o funcionamento e recursos aos sites criados nele. Assim, se por exemplo, você quer incluir uma enquete no seu site, basta instalar um plugin que insere o mecanismo de enquete e com alguns cliques e informações simples, a “mágica” está feita.

Já o aspecto final, que é resultado de como os elementos estão organizados em cada página, as cores, as imagens, as fontes e os tamanhos de cada um destes itens, são resultado do que conhecemos como temas do CMS. Da mesma forma que os plugins, há literalmente milhares de temas, os quais algumas vezes ainda podem ser personalizáveis.

Geralmente CMSs são especializados, ou seja, destinam-se a um tipo específico de site, como por exemplo, há os que são destinados a sites de e-commerce, blogs, fóruns, sites de conteúdo, etc. Mas além disso, quando você instala um CMS, você pode personalizar o resultado que terá em termos de recursos particulares do site e sua aparência, apenas instalando plugins e temas e com isso, as possibilidades em termos de resultados são literalmente ilimitadas.

Há atualmente uma quantidade imensa de CMSs e com certeza para qualquer tipo de site que você imaginar, há um CMS que produz exatamente o mesmo tipo de resultado que você encontra nos sites que costuma frequentar e que podem ser a sua rede social favorita, os sites onde faz suas compras, o blog sobre seu hobby ou o fórum que participa.

Exemplos de CMSs populares, são o Magento, Wordpress, Joomla, PHPBB, Moodle, MediaWiki, PrestaShop, Drupal, mas há literalmente dezenas para cada tipo de site que imaginar. Sempre pesquise os prós e contras de cada um, antes de fazer sua escolha.

O que é um instalador automático de CMS?

Basicamente instalador automático de CMS é uma aplicação que automatiza o processo de instalação dos diferentes CMSs que você tem disponíveis na sua hospedagem. Resumindo, torna ainda mais fácil, o que o CMS já facilita.

No passado quando você precisava instalar um Wordpress, por exemplo, era necessário que alguns procedimentos fossem adotados manualmente, como por exemplo, a criação do bancos de dados que é usado, criação de pastas, usuários e senhas, entre procedimentos menores. Isso gerava trabalho, consumia tempo e exigia certos conhecimentos que talvez você não tivesse, sem contar eventuais erros por não estar familiarizado com o processo.

Tudo o que se exigia para a instalação, ainda continua necessário, mas é feito pelo instalador. Ele possibilitou realizar automaticamente todos estes procedimentos que você teria que fazer manualmente, bastando apenas informar 2 ou 3 coisas e dar um clique. Geralmente este procedimento manual que ainda é necessário, não leva mais que 60 segundos e a instalação completa, outros poucos segundos, ou seja, em 2 minutos você tem seu site pronto para receber conteúdo.

No mercado atualmente, há diferentes instaladores automáticos. Quando nós falamos em hospedagem Linux, que geralmente utiliza o cPanel o mais conhecido e o mais utilizado é o Softaculous, devido a sua facilidade de uso e a quantidade de aplicações disponíveis (mais de 400), bem como as mais populares.

Mas há também outros instaladores famosos bastante utilizados e que oferecem basicamente a mesma praticidade, confiabilidade e rapidez, como por exemplo, o Installatron e talvez um dos mais antigos, mas que foi um dos mais populares – o Fantastico. Ele foi pioneiro em uma época em que havia muito trabalho e pouca informação a respeito do processo de instalação de CMSs e por isso, o nome veio bem a calhar.

Embora existam particularidades na forma como cada um trabalha, o princípio é o mesmo, ou seja, você fornece apenas algumas poucas informações e com apenas um clique, todo o trabalho de instalação do Wordpress, Magento, ou outra aplicação, é feito rapidamente e sem que você tenha que se tornar um técnico ou Webmaster.

Sendo assim, se já era muito fácil ter um site, usando plataformas de desenvolvimento e manutenção, instalar tais plataformas, diminui a lista de razões para você não ter um site.

Conclusão

As tecnologias disponíveis em planos de hospedagem, hoje possibilitam que se possa optar entre ter um site institucional, um blog e uma loja eletrônica, ou todas as três opções, de modo tão fácil quanto um simples clique! Não abra mão deste tipo de recurso, quando for escolher seu próximo hosting, uma vez que as boas empresas oferecem este tipo de recurso mesmo em planos de hospedagem compartilhada.