Qual a melhor hospedagem de sites no Brasil?

Você já sabe que precisa ter um site ou um blog, definiu a plataforma que vai usar para criá-lo e inserir seus blog posts e até escolheu o domínio que sera registrado, mas agora veio uma pergunta: onde vou hospedar meu site?

Sim, você precisa de uma empresa de hospedagem para colocar seu conteúdo acessível ao mundo.

A situação é ainda mais difícil quando você nem sabe por onde começar e tem muito mais perguntas do que respostas.

Para ajudar nessa tarefa que pode parecer um enigma para alguns, que preparamos esse artigo.

Evitaremos ao máximo abordagens técnicas, pois se você está lendo este post, certamente você não é um expert no assunto e não vai ter condições de identificar e interpretar uma longa lista de recursos que mais parecem uma sopa de letrinhas para a maioria.

Mas quando for necessário, os termos que eventualmente você desconhece, tem links para artigos que explicam melhor seu significado e importância.

Por que eu preciso de uma hospedagem?

A hospedagem de site que fornece a infraestrutura e o conjunto de tecnologias que são necessários para que um site funcione com seus diferentes recursos, para que possa ser acessado, as mensagens de e-mail sejam enviadas, recebidas e armazenadas, existam aspectos de segurança necessários à integridade desse mesmo site e dos seus e-mails, dos bancos de dados e demais recursos, sem que o dono do site tenha que fazer grandes investimentos e tenha que ser um especialista no assunto.

A hospedagem compartilhada, é o modelo de hospedagem mais popular e que tornou acessível o ingresso de pessoas e empresas de todos os portes na Internet.

Por meio desse modelo, vários usuários compartilham servidores, sistemas e serviços diversos que são instalados e configurados nesses servidores e que são essenciais ao armazenamento dos arquivos que compõem um site e o seu adequado funcionamento, bem como outras coisas que fazem parte da world wide web, como os apps que você tem no seu smartphone.

Há muita coisa por trás de um site funcionando, ou o simples ato de ler um e-mail e nada disso você precisa se preocupar, quando tem uma boa empresa de hospedagem lhe atendendo.

Como escolher a melhor empresa de Hospedagem de Sites?

Se você tem indicações de conhecidos ou já hospedou algum site, não deve ser uma escolha difícil. Você já tem algum parâmetro ou ponto de partida.

Mas pode ser que não seja assim, particularmente se é o primeiro site que você hospedará ou se a sua experiência anterior não foi positiva. Chegou a hora de escolher em meio a grande quantidade de opções, uma empresa de hospedagem com serviços de qualidade, seguros, fáceis de usar, com um bom suporte e por um preço justo.

Ou seja, você quer saber qual a melhor empresa de hospedagem do Brasil, certo?

Esta não é uma pergunta fácil de responder, não porque não exista uma boa empresa de hospedagem no Brasil. Há muitas e aí começam as dúvidas.

Mas há também a questão de que o conceito de bom e ruim, melhor ou pior, é relativo. O que pode ser ótimo para uns, para outros, nem tanto.

Por isso, vamos criar um roteiro prático e objetivo de pontos para ajudá-lo a escolher onde vai hospedar seu blog ou um outro tipo de site qualquer.

Atendimento e Suporte Técnico da hospedagem

Dependendo do seu conhecimento, bem como de aspectos técnicos do serviço que irá contratar, você terá maior ou menor volume de suporte técnico por parte da empresa de hospedagem. Assim, qualidade no atendimento e um suporte técnico eficiente, são dos aspectos mais importantes a se considerar.

Especialmente se você está ingressando nessa área, a quantidade de vezes e a variedade de situações inéditas que vão exigir orientações sobre uso dos recursos, dicas e apoio, vão fazer a diferença entre usufruir ou não de tudo o que um bom plano de hospedagem pode lhe oferecer.

Mesmo quando seu conhecimento técnico é mais profundo, há situações em que necessitará do suporte e eventualmente terá contato com os atendentes para realização de algum procedimento administrativo ou uma simples dúvida sobre o painel do helpdesk.

Portanto, já na etapa de sondagem e contratação, se possível deve-se verificar se:

  • Os atendentes são cordiais, atenciosos e se comunicam de forma humanizada;

  • As explicações e informações que lhe são passadas, são detalhadas e esclarecedoras;

  • O tempo de atendimento e resolução de dúvidas, é curto;

  • Há procedimentos definidos, são simples e quando não são, as orientações são esclarecedoras;

  • Mostram disposição e interesse em ajudar;

  • Fornecem tutoriais, links, artigos para utilização dos recursos e esclarecimento de dúvidas.

Infraestrutura da empresa de hospedagem

A infraestrutura da empresa de hospedagem, é o conjunto de hardware e tecnologias que são necessários e servem de base para você conseguir hospedar seu site.

Você não precisa fazer uma avaliação técnica profunda e completa, mas convém checar alguns pontos básicos que vão lhe dar as pistas de que está escolhendo uma das melhores empresas de hospedagem disponíveis:

  • Uma boa infraestrutura de hospedagem, normalmente se reflete em sites com boas velocidades de acesso aos sites. Se você consegue acessar sites hospedados e o carregamento completo da página inicial ocorre em 3 ou 4 segundos, então é bem provável que você está diante de uma hospedagem com bons servidores de hospedagem;

  • Se os sites hospedados estão sempre acessíveis, é um ótimo indicador de que a rede de servidores usados é confiável e estável;

  • Verifique se o sistema operacional dos servidores é Linux ou Windows. Para ambiente de hospedagem, é amplamente prevalecente as opções baseadas no Linux, tanto por questões financeiras (ex: custo de licenças), como aspectos de segurança e desempenho;

  • Em relação às distribuições Linux (CloudLinux, CentOS, Debian, Ubuntu, etc), embora há várias boas opções, verifique aquelas que são especialmente concebidas para servidores de hospedagem, como a CloudLinux;

  • Painéis de controle (cPanel/WHM), Softaculous, sistema de webmail (RoundCube ou Horde), são alguns dos serviços e sistemas mais comuns de se encontrar nas boas e mais populares empresas de hospedagem. Se uma das suas alternativas de hosting usa tais serviços / sistemas, é um bom começo, pelas seguintes razões:

    • Facilidade de migração para esta empresa ou para outras, caso futuramente pense em mudar;

    • São sistemas consagrados, adotados mundialmente, porque são estáveis, confiáveis, fáceis de usar e com amplo suporte;

    • A gama de opções e recursos oferecidos, é mais ampla do que em sistemas próprios;

    • No sentido oposto, tome muito cuidado com empresas que usam soluções próprias ou exclusivas, a fim de que não fique amarrado a ela por sua solução ser incompatível com outras empresas.

Garantia de disponibilidade (SLA)

A garantia de disponibilidade é um fator primordial, ou seja, garantir que as páginas hospedadas no servidor, estejam sempre – ou na quase totalidade do tempo – acessíveis, assim como outros serviços como e-mail, FTP, bancos de dados, etc.

A disponibilidade é observada por meio de terminologia que as empresas denominam como uptime e SLA (Service Level Agreement ou Acordo de Nível de Serviço).

O SLA é o trecho do contrato ou dos termos de prestação de serviços, que trata dos níveis de disponibilidade e garantias mínimas de fornecimento e/ou acesso aos serviços de hospedagem.

Já o uptime, é a percentagem do tempo que a empresa de hospedagem dá como garantia mínima para que os serviços estejam disponíveis mensalmente. Assim, um uptime de 99,9%, significa que ela assegura que ao longo de um mês de 30 dias, os serviços podem estar indisponíveis por no máximo 43 minutos aproximadamente.

Segurança da hospedagem

A segurança no mundo digital é outro aspecto de extrema relevância.

Ter a garantia de preservação dos seus dados por meio de uma política de backups, firewalls, disponibilização de certificados SSL, autenticação MFA, filtros (ex: bloqueio de IP), ModSecurity, ferramentas de controle e bloqueio de SPAM, controle e remoção de malwares, ambientes monitorados 24 horas por dia, 7 dias por semana, são alguns requisitos fundamentais a se verificar.

Uma boa empresa de hosting necessariamente precisa colocar os fatores de segurança em primeiro plano.

Variedade de planos de hospedagem

Dispor de uma variedade de planos de hospedagem de sites, garante que você tenha serviços adequados ao seu porte, à sua necessidade e mesmo ao quanto você quer ou pode pagar.

Mas a diversidade de planos também garante que se as necessidades e exigências mudarem ao longo do tempo, você pode migrar para um plano que atenda sua evolução.

E mesmo um leque amplo de planos, em alguns casos pode não ser suficiente. Empresas que fornecem planos de hospedagem personalizada ou planos de hospedagem WordPress, por exemplo, são um importante indicativo de orientação às necessidades mais específicas dos seus clientes.

Recursos dos planos de hospedagem

Saber distinguir as características e os consequentes benefícios dos planos de hospedagem, é outro ponto chave.

O atendimento inicial é crucial nesse processo de escolha, orientando-o e ajudando-o a compreender a importância do espaço em disco disponível, o número de contas de e-mail profissionais disponíveis, o tráfego, transferência e a largura de banda, o número de domínios e consequentemente de sites que você pode ter, bem como outras facilidades que a empresa pode oferecer.

Instalador automático de CMS e construtor de sites

A existência de um instalador automático de CMS e que ofereça as opções mais populares e versáteis, como por exemplo o WordPress, e mesmo uma boa ferramenta de construtor de sites, são fatores básicos, especialmente se você está começando.

Contar com uma ferramenta que permita instalar em minutos de forma descomplicada CMSs que possibilitam criar diferentes tipos de sites, é um diferencial importante que vai ajudá-lo a economizar tempo, dinheiro e contar com um site com aspecto profissional.

Até mesmo se tudo o que você quer é um simples, mas bem elaborado site institucional, o construtor de sites pode igualmente encurtar o seu caminho e muitas preocupações que geralmente quem inicia sua presença digital, tem.

Custo X Benefício da hospedagem

Naturalmente costumamos querer sempre pagar o mínimo e querer ter o máximo. Não há nada de errado nisso, mas todos sabemos que bons produtos e serviços têm um preço.

Procure ver se a relação é justa, coerente e vantajosa. Para isso, observe os seguintes aspectos:

  • Preços muito baixos normalmente escondem muitas limitações, as quais as vezes constam apenas em contratos ou termos de prestação de serviços muito extensos. Como raras vezes alguém os lê, quando se tem que usar os serviços, vêm as surpresas;

  • Os planos disponíveis devem refletir uma escala crescente e clara de valor e do que você ganha ao optar por planos superiores;

  • Os sites informam claramente tudo o que você vai ter? Desconfie de quem já lhe pede para avançar em um sistema de cadastro ou mesmo de pedido, sem antes lhe mostrar com clareza tudo que está comprando;

  • Os recursos (espaço, contas de e-mail, bancos de dados, CMSs, aplicações, etc) mínimos e necessários fazem parte do plano ou cada questão específica tem que ser contratado a parte? Cuidado, pois algumas empresas criam restrições disfarçadas de vantagem, como por exemplo, um plano especial para loja virtual, mas quando precisa de algo diferente, como por exemplo, um blog, é necessário contratar outro plano e pagar a mais por isso;

  • Há garantias de devolução de valores, caso o serviço contratado não atenda o que foi oferecido? Se a empresa de hosting lhe dá este tipo de garantia, é um forte indicativo de que você realmente vai ter o serviço de hospedagem que está sendo anunciado;

  • Na etapa de sondagem, quando você ainda está conhecendo a empresa, as informações que lhe dão são claras, objetivas, rápidas e o atendente lhe deixa confortável para escolher? Lembre-se que quando for usar os serviços, este deve ser o mesmo padrão de atendimento que terá;

  • Verifique os canais de atendimento (e-mail, helpdesk, chat, telefone) disponíveis, bem como a disponibilidade (dias e horários) que o suporte é prestado. Dúvidas, dificuldades e problemas podem ocorrer a qualquer hora;

  • Saiba as condições para recebimento de benefícios ou promoções, como por exemplo, domínio grátis e descontos progressivos de acordo com a periodicidade de pagamento;

  • No caso de estar vindo de outra empresa de hospedagem, algumas oferecem uma facilidade importante, que é a migração gratuita do conteúdo a partir do antigo provedor de hospedagem e que pode evitar-lhe dores de cabeça importantes, já que é o suporte técnico que se encarregará de transferir os arquivos entre servidores;

  • Fique atento também à taxa de configuração. Algumas empresas cobram taxa de configuração para criação de novas contas e por vezes embutem esse valor nas mensalidades. O pior é que ao fim do pagamento, a mensalidade cai, parecendo que foi dado um desconto, sendo que na verdade foi pago um valor que as melhores empresas não cobram.

Conclusão

Escolher a melhor empresa de hospedagem de site, não é um processo muito diferente da escolha de outros prestadores de serviços, em que alguns aspectos devem ser avaliados para que se possa fazer uma escolha segura e com embasamento técnico.

Comentários ({{totalComentarios}})