Busca local e SEO local – o que é e quando usar?

Você administra uma pequena empresa? Mais do que o tamanho do seu negócio, sua atuação é regional? Você só consegue atender clientes dentro de um raio geográfico reduzido? Se a resposta a todas essas perguntas é sim, então o que preparamos a seguir é para você.

A busca local e o trabalho de SEO voltados a esse cenário de empresas, é fundamental para concentrar o trabalho na qualidade e não na quantidade absoluta de visitantes, bem como no retorno obtido.

O que é busca local?

Você provavelmente já deve ter notado que dependendo do tipo de pesquisa no Google, ele lhe entrega diferentes resultados nas SERPs (Search Engine Results Page), de acordo com sua localização geográfica, bem como outros fatores, como por exemplo, seu histórico e se você está logado como usuário, desde que tenha uma conta no Google (ex: Gmail) naturalmente.

Mas o foco aqui é localização geográfica e isso o Google sabe por conta do seu endereço IP ou mesmo pelo GPS do seu smartphone Android.

E se mesmo diante da improvável possibilidade de você não ter notado esse comportamento nos resultados da pesquisa, faça um teste.

Pesquise por “pizza” e por “pizzaria”.

São duas possibilidades bem prováveis para uma mesma intenção, que para o objetivo do nosso “teste”, é comer uma pizza.

Em ambos os casos, os primeiros resultados são decorrentes de publicidade paga (Google Ads), mas ao avaliar o que vem a seguir, notam-se as diferenças, algumas mais sutis e outras mais aparentes.

Mas antes de prosseguirmos, é importante ressaltar que cada pessoa terá resultados que podem variar bastante e o motivo dessa variação logo ficará mais claro.

Você verá um mapa com “alfinetes” – que são marcas no mapa – de pizzarias próximas de onde você está localizado. A seguir algumas pizzarias com uma classificação (em estrelas) feita pelos usuários do serviço, endereço, horário de funcionamento e se é possível comer no local ou se há o serviço de retirada (take away) e entrega (delivery).

Essas primeiras ocorrências, são resultantes do Google Meu Negócio.

Mas se a primeira pesquisa feita foi por “pizza”, é possível encontrar nos resultados orgânicos receitas de pizza, história da pizza, artigos que têm pizza como tema principal e também pizzarias na região ou mesmo em outras regiões da cidade em que você vive, conforme se avança nas demais páginas de resultados.

Ao se repetir a pesquisa mas agora usando o termo “pizzaria”, o que se vê é semelhante até a parte em que as ocorrências contém resultados do Google Meu Negócio, embora esses resultados podem também ser diferentes.

A partir daí, os resultados orgânicos devem mostrar ainda mais pizzarias localizadas geograficamente próximas de onde você está.

Em um ou no outro caso, o Google supõe que você provavelmente quer consumir uma pizza e lhe entrega resultados de empresas locais. Ou seja, é desnecessário você pesquisar algo como “pizza na Bela Vista em São Paulo”!

Ele faz isso por você e lhe poupa o trabalho de digitação no campo de busca.

Com o aumento dos acessos por dispositivos móveis, o aspecto geográfico se tornou ainda mais importante para o Google, uma vez que os smartphones permitem acompanhar em tempo real a localização dos usuários e, assim oferecer respostas mais úteis e precisas de acordo com cada momento e a movimentação do usuário.

Por que a busca local é importante?

Porque ela coloca os consumidores que têm maior potencial de consumo e acima de tudo maior probabilidade de virem a consumir seu produto / serviço em contato com você, exibindo seu site com um melhor ranqueamento em detrimento de outro site que tenha um posicionamento geral melhor, a não ser que as duas situações se apliquem.

E não é apenas o site, afinal você nem precisa ter um para estar no Google Meu Negócio. Entre os resultados, é possível aparecer como uma opção de um serviço de delivery ou de uma rede social em que esteja presente.

Em outras palavras, você não precisa ter o domínio de pizzaria mais antigo, o mais popular, o que tem o maior número de cliques, o que tem o maior conteúdo, o que mais investe em publicidade ou qualquer outro fator, para aparecer bem posicionado quando o aspecto local da busca for relevante, como é para o nosso exemplo da pizza / pizzaria.

Tudo isso pode ajudar, mas não é decisivo! Desde que o seu domínio não seja pizzanabelavista.com.br, por exemplo.

Outro ponto de importância, é trazer o visitante certo. Dentro de alguns cenários, trazer muitos visitantes não é garantia de sucesso.

Digamos que alternativamente em vez de pizza, você venda parafusos, um produto também fácil de encontrar, mas que diferentemente do que pode ser uma excelente pizza, tem um baixo valor agregado.

É improvável que alguém atravesse uma cidade como São Paulo, de um extremo ao outro, para comprar meia dúzia de parafusos, exceto se você vende não tão comuns e caros parafusos de titânio, produto que é bem mais específico e raro.

Nesse caso – o qual é bastante usual para muitos segmentos de negócios – não apenas no varejo, como também na prestação de serviços diversos, ter um trabalho orientado a um público local / regional, é mais proveitoso.

Naturalmente não basta que você esteja geograficamente localizado próximo a quem efetua a pesquisa, para que automaticamente isso aconteça.

Um dos fatores importantes, é você utilizar o Google Meu Negócio.

O outro, é fazer um trabalho de SEO local.

O que é SEO local?

Supondo que você já saiba o que é SEO, o SEO local é basicamente a mesma coisa, porém com foco nos resultados da busca local.

Se você compreende bem a ideia por trás do trabalho de SEO, não será difícil compreender também o SEO local.

Procure pensar como o Google indexa e vê seu conteúdo e até mesmo as possíveis intenções dos usuários ao realizarem uma pesquisa no buscador.

Do ponto de vista do Google, trabalhar palavras-chaves long tail ou de cauda longa, é uma necessidade.

Quantos sites de pizzarias você acessa e acaba descobrindo onde ela está localizada, apenas quando acessa a opção de contato?

A situação é ainda mais grave, naquelas que trabalham apenas com delivery e que constam apenas os telefones de contato e que pelo DDD, sabe-se a cidade ou região, mas que nos casos de pequenas cidades que compartilham um mesmo DDD, nem isso.

O que acontece nesses casos, é:

  • O seu negócio tende a ter um péssimo ranqueamento para buscas locais;

  • Se você adota publicidade paga, vai exigir do cliente em potencial algum tipo de contato (telefônico, e-mail, chat de atendimento, etc);

  • Se você não atende a localidade do visitante ou está muito distante para seu deslocamento, uma experiência negativa será gerada e ainda vai produzir um aumento na taxa de rejeição.

Assim, criar conteúdo que não deixe dúvidas ao Google e ao visitante onde você está e onde atua, é fundamental.

Esse é o foco do SEO local, ou seja, trabalhar as palavras-chaves e como elas estão inseridas no conteúdo do site, de forma que potencialize o ranqueamento para buscas locais ou que o fator localização geográfica seja relevante.

Isso ganha ainda maior importância, quando explicitamente o usuário faz uma busca como “pizzaria perto de mim” ou “pizzaria na Bela Vista”, já que a intenção do Google é oferecer a melhor experiência de pesquisa aos usuários.

Como fazer SEO local?

O primeiro ponto a se ter em mente, é que não é fazer SEO de outra forma, mas mais ampla.

Ainda usando o exemplo de “pizza” e “pizzaria”, criar conteúdo tendo em mente os aspectos que se seguem, é altamente importante:

  • Incluir palavras-chaves longtail ou de cauda longa em diferentes páginas do site, como por exemplo, “a melhor pizza da Bela Vista”, “a melhor pizza de São Paulo”, “tradicional pizzaria de São Paulo, localizada na Bela Vista”, “tradicional pizzaria na Bela Vista, em São Paulo”;

  • Como no tópico acima, trabalhe as possíveis alternativas (pizza e pizzaria), bem como outras possibilidades como “pizza de massa fina”, “pizza crocante”, etc;

  • Nome da pizzaria, endereço (bairro e cidade) e telefone. Não use imagens como muitos fazem, mas texto. Há quem coloque até o cardápio como imagem;

  • Liste os bairros atendidos, quando for o caso de delivery, mas também para consultas em que os usuários incluam o bairro na pesquisa;

  • Use o Google Maps no site para a localização;

  • O Marketing de Conteúdo continua sendo importante, tanto quanto é para as buscas gerais e de alcance, além do local. Um site em que um bom trabalho de planejamento e criação de conteúdo e que seja bem posicionado por essa razão, influencia também favoravelmente o posicionamento para buscas locais;

  • Inclua informações de localização também no rodapé de forma a aparecer em todas as páginas;

  • Ao invés de sites com estrutura de página única, opte por várias páginas, sendo que sempre as informações locais devem constar, como no rodapé;

  • Trabalhe também com vistas ao SEO “geral”, ou seja, independente da busca local. Um bom ranqueamento geral, contribui para o local;

  • Da mesma forma que o tópico acima, cuide dos demais fatores que todo site deve ter, como velocidade do site, se tem versão responsiva ou mobile, segurança, entre outros aspectos importantes para o ranqueamento;

  • Oriente ações no sentido de obter melhores resultados com o Google Meu Negócio;

  • Construa relacionamento com outros sites / empresas locais para conquistar links externos, referências e citações, como portais de notícias regionais, fornecedores, associações comerciais, etc.

Todo esse trabalho bem feito e ao longo do tempo, vai produzir desdobramentos em como seu negócio aparece para buscas locais, da mesma forma que a concorrência.

A forma como cada um conduz esse conjunto de ações – ou mesmo não conduz nenhuma ou poucas – é que determina os resultados nas SERPs para buscas locais e em parte explica porque afirmamos anteriormente que dependendo da região feita, o usuário pode observar muita diferença nos resultados, obviamente para além das opções que ele tem na sua região.

Conclusão

A busca local dá aos usuários as opções que estão geograficamente próximas ao lugar da pesquisa, potencializando assim as chances de conversão dos negócios que aparecem nos resultados, razão pela qual se faz necessário efetuar um trabalho de SEO local com vistas a colher os benefícios que este tipo de busca pode trazer a um negócio de abrangência regional.

Comentários ({{totalComentarios}})