Google AdWords agora é Google Ads, veja o que mudou!

O Google dispensa apresentações quando o assunto é a importância de sua utilização nas estratégias de marketing digital. Os seus números falam por si só: a cada segundo são realizadas mais de 2,3 milhões de buscas na plataforma, o que representa mais de 100 bilhões de pesquisas ao mês.

Diante desse enorme volume, para dar destaque ao seu negócio na internet, o uso do Google Ads em sua estratégia chega a ser quase obrigatório. Em cada uma das buscas realizadas pela plataforma, são analisados mais de 200 fatores diferentes para a entrega dos melhores resultados possíveis em um  tempo médio de 1.8 de segundos.

Para ilustrar um pouco mais do “poder do Google” na internet mundial, relembramos o ocorrido em 2013, quando a gigante permaneceu fora do ar por apenas 5 minutos. Essa simples pausa representou 40% na queda do tráfego global da internet.

Mesmo sendo unânime no segmento, a acomodação na liderança não faz parte da filosofia do Google. A todo momento a empresa não deixa de inovar e atualizar os seus produtos, buscando sempre acompanhar os principais avanços tecnológicos do mercado, estando na vanguarda de muitos deles.

Um exemplo disso é o recente anúncio de atualização da sua ferramenta de anúncios, o Google Adwords, que agora passa a se chamar Google Ads. Vamos conhecê-lo um pouco melhor?

O que é o Google Ads?

A grosso modo, podemos simplificar e responder que o Google Ads é a ferramenta de links patrocinados do Google (a maior da internet).

Por meio dele, é possível anunciar o seu site, apresentando-o nas primeiras posições nos resultados das buscas realizadas pelos usuários, em determinadas palavras-chave. Essas palavras-chave podem ser definidas previamente no momento da contratação ao se estruturar as suas campanhas de marketing ou posteriormente.

Esses anúncios são apresentados como tal, aparecendo com destaque no topo da página de resultados. A proposta do Google Ads é, justamente, apresentar aos usuários os melhores resultados para as buscas que são realizadas.

Para as empresas, a grande vantagem em se construir um posicionamento nessa ferramenta de busca é a possibilidade de estar presente no local e no momento exato em que os seus consumidores estão buscando por mais informações sobre produtos e serviços como os seus.

Como funciona?

A forma como são cobrados os anúncios via Google Ads é baseada em resultados, por meio do sistema CPC. O CPC representa a sigla de custo por clique, pois como o próprio nome indica, só são cobradas as quantidades exatas de cliques que foram feitos em seus anúncios.

Uma das principais vantagens do Google Ads é a flexibilização do orçamento, uma vez que é possível determinar qual o valor máximo a ser utilizado para o tráfego desejado no dia.

O posicionamento dos anúncios é determinado por uma espécie de leilão. Todas as vezes em que os usuários fazem suas pesquisas, o Ads busca quais os melhores lances feitos pelas empresas nas palavras-chave que foram digitadas. É nesse leilão constante em que são definidos quais anúncios serão exibidos e a sua ordem de apresentação.

Esse processo analisa dois fatores fundamentais. O primeiro deles é o custo por clique da palavra-chave. Isso que dizer: qual o maior valor que você está disposto a pagar para que seu anúncio apareça? O segundo é o IQ, que é um índice de qualidade utilizado internamente pelo Google, que estuda a relevância do seu site e do anúncio para o público em geral.

É por meio desses dois itens que o Google Ads determina seu AdRank, comparando-o durante o leilão com o AdRank dos seus concorrentes. Os anunciantes que conquistarem um desempenho superior serão aqueles que aparecerão em primeiro lugar e assim por diante.

Mas espere, não é só isso. Além do sistema de buscas e pesquisas, existem outros formatos de anúncios disponíveis no Google Ads. São banners, vídeos e outras áreas de visibilidade de destaque em sites parceiros do Google que fazem parte de sua Rede de Display.

Apenas para você ter uma ideia da dimensão e do potencial dessa rede de parceiros: o Youtube, a plataforma de vídeos pertencente ao Google é o segundo maior buscador do mundo.

Quais são as novidades da ferramenta?

Recentemente, o segmento de produtos do Google voltado para os anúncios em sua plataforma passou por algumas mudanças. O Google AdWords agora se chama Google Ads e passa a contar com novas características que impactam tanto quem compra quanto quem vende mídia. A seguir, vamos conhecer um pouco mais sobre as novidades da ferramenta.

Campanhas Smart

Além da mudança de nome, uma ótima novidade, principalmente para os pequenos negócios, são as campanhas Smart. Agora esse é novo padrão para quem quer otimizar ao máximo os seus investimentos em marketing digital.

Por meio do uso de tecnologias de machine learning, as campanhas Smart do Google podem complementar ações prioritárias dos usuários, como receber ligações telefônicas, poupando o precioso tempo dos empreendedores.

Integração de ferramentas

A Integração de ferramentas do Google também é uma novidade há muito tempo esperadas pelos usuários. A junção das ferramentas de anúncios e análise em um mesmo ambiente agora é realidade na Google Marketing Platform.

Nela é possível notar a integração entre o Google Analytics 360 e o DoubleClick Digital Marketing. Com isso, o Google acredita que tornará mais fácil a execução de campanhas por meio da colaboração mais eficiente entre as diferentes equipes de mídia, criação e as agências digitais.

Criação do Ad Manager

Como falamos, as novidades atingem não apenas os anunciantes, mas também aqueles que lucram por meio do Ads. Como a forma de consumir conteúdo tem evoluído para modelos multiplataforma, o Google criou o Ad Manager, que permite uma maior remuneração para os produtores de conteúdo, integrando os sistemas de monetização DoubleClick for Publishers e o Ad Exchange em uma mesma plataforma.

O Google Ads é a principal fonte de receita do Google. Sua enorme participação revela que a maioria das empresas já entendem a importância de estar presente no local em que as pessoas fazem as suas buscas.

Também parece ser bastante claro que o caminho mais rápido para atingir esse objetivo é por meio dos links patrocinados. Sabendo de tudo isso, é fundamental aprender sobre o seu funcionamento para construirmos uma presença relevante na web.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o que é o Google Ads, que tal aproveitar a oportunidade para começar a aplicá-lo em sua estratégia de marketing digital? Caso precise de orientação nesse e em outros assuntos relacionados à promoção do seu negócio na internet, não deixe de entrar em contato conosco. Será um prazer atendê-lo!