O que é SEM e seus benefícios para sites de Internet

Quando alguém resolve ir além de criar apenas um site, dando visibilidade a ele, começa a se deparar com uma série de termos, alguns mais simples de compreender e outros nem tanto.

Um desses e que é fundamental se o objetivo é colocar em evidência um site – seja de qual tipo ele for – é o SEM.

É compreensível a confusão que se faz, isso porque muito do conteúdo que existe a respeito, parece não levar em consideração que ninguém nasce sabendo. Se você é destes que está ainda ingressando nesse intrincado universo do Marketing Digital e do arsenal de ferramentas, práticas e termos que o povoam, esse artigo é para você!

O que é SEM?

É uma sigla e que significa Search Engine Marketing.

Ao traduzi-lo, começa a ficar claro do que se trata. Marketing para mecanismos de busca.

Sim, se você imaginou que é desenvolver ações de Marketing tendo como foco os mecanismos de busca, acertou.

Mas é aí que começa a confusão na cabeça de muitos. É o mesmo que Marketing Digital? Em parte sim, em parte, não. Calma, você já irá compreender.

Qual a diferença entre SEM e Marketing Digital?

O Marketing Digital é de uma maneira bem simplista, desenvolver ações de Marketing usando os meios digitais tendo a Internet é o palco onde quase tudo acontece.

Se você já leu algo sobre o Marketing Digital, sabe que por exemplo, e-mail Marketing é uma de suas ações visando a obtenção de resultados. Mas ao enviar uma newsletter, você não afeta diretamente os mecanismos de busca e que é o objetivo do SEM.

Ou seja, o Marketing Digital é mais amplo, mais abrangente que o Marketing para mecanismos de busca – ou SEM.

As estratégias, as ações, o trabalho desenvolvido com vistas aos resultados do SEM, são orientados a como seu site, seu blog, fórum, e-commerce ou seja lá o que você tem, seja bem posicionado nos mecanismos de busca, ao passo que no Marketing Digital, além desses, o usuário, o potencial consumidor do seu produto ou serviço, é o alvo e não apenas um mero site.

Se você percebeu a importante sutileza por trás disso, em certa medida, o Marketing Digital vai além dos motores de busca. Quantos sites lhe vêm imediatamente à mente, quando pensa em uma rede social, em uma loja virtual, um site de notícias, um blog que trata da sua paixão?

Você os acessa diariamente sem precisar pesquisar no Google, no Bing ou no Yahoo! e que são o foco de atuação do SEM. Isso é resultado de um trabalho que culminou em Top Of Mind e que é parte do trabalho do Marketing, antes mesmo dele ser digital.

Quer um exemplo? Se você – ou alguém que você conhece – é de uma geração anterior à popularização da Internet e é apaixonado por carros da VW, muito possivelmente não precisará do Google ou seus concorrentes para acessar o site do fabricante alemão de automóveis.

No lugar de um carro da VW, imagine qualquer outro produto e ainda assim servirá como exemplo.

É anterior ao Marketing Digital, ao SEM ou qualquer outro termo dessa sopa de letrinhas.

Qual o objetivo do SEM?

No momento em que escrevemos isso, há quase 1,8 bilhão de sites na Internet!

Se você não é o Facebook, o YouTube, o Wikipedia e mais algumas poucas dezenas desses sites que as pessoas acessam frequentemente, independentemente do Google ou do Yahoo! existirem, então você vai precisar deles para que as pessoas cheguem ao seu site.

É aí que o SEM tem importância. O que você e o mundo todo faz quando quer algo? Entra em seu mecanismo de busca padrão e digita o que está buscando.

Mas simplesmente aparecer em algum lugar dos milhões de resultados que são exibidos a cada pesquisa feita, não basta. Aparecer listado na 15ª página das SERPs (Search Engine Results Page) do Google, não deverá lhe trazer nenhum visitante ao site!

E mesmo na 5ª, ou talvez na 4ª, ou mesmo na 3ª, dependendo do que houver mais para cima e da paciência, disposição e necessidade de quem está fazendo a pesquisa.

Assim, pode-se dizer que o trabalho do SEM, é usar o Marketing para fazer com que seu site esteja no “Top Of Mind dos mecanismos de busca”. Não é exatamente isso, afinal por mais inteligentes que sejam os buscadores, há mais sutilezas e fatores que fazem uma pessoa ter algo em sua mente como sinônimo de produto ou serviço, mas ajuda a entender pela analogia.

Parte do trabalho, envolve dominar tudo o que há por trás das páginas de resultados dos mecanismos de busca (SERPs), mas também depende de Marketing de Conteúdo, SEO On Page e SEO Off Page e o já mencionado Marketing Digital.

Por isso, já se deduz que da mesma forma que SEM é parte do Marketing Digital, o SEO é parte do SEM. Complicado? Compreender o papel de cada coisa, ajuda a descomplicar!

Como conseguir resultados com SEM?

O primeiro passo nessa longa jornada de entender como as coisas acontecem na Internet, é compreender o que cada termo significa e qual seu papel nesse amplo tema que é o Marketing Digital.

Você sabe que critérios os mecanismos de busca utilizam para ranquear os sites que são exibidos nas SERPs?

Ninguém sabe com certeza. Alguns critérios imaginam-se e outros há boas chances de acertos, em meio a uma lista que tem cerca de 200 fatores no caso do Google, segundo alguns, embora ninguém fora do gigante das buscas, saiba ao certo.

Entre tudo o que se sabe, constam o conteúdo, o tráfego, os links externos apontando para seu site, como exemplos frequentes. Isso, é responsabilidade do SEO e do Marketing de Conteúdo.

Mas não é só de resultados orgânicos – aqueles que são exibidos independente de pagamento – que é constituída uma SERP. Há também os links patrocinados e que podem trazer um fluxo importante de visitantes e, sobretudo, conversões se o seu produto ou serviço for suficientemente bom e naturalmente, seu site evidenciar tal qualidade.

E links patrocinados, não depende e não envolve SEO!

Mas links patrocinados, é sim parte do SEM.

Se você realiza um trabalho consistente e permanente de links patrocinados e partindo do pressuposto que os internautas vão encontrar no seu site produtos e/ou serviços que os satisfaçam, eles retornarão, indicarão aos amigos, compartilharão, curtirão, enfim em algum momento seu site pode caminhar rumo ao Top Of Mind e isso vai também influenciar favoravelmente os resultados orgânicos, fazendo seu site subir no ranking.

Uma coisa leva a outra. Mais tráfego, mais compartilhamentos, mais comentários, melhor posicionamento orgânico. Melhor posicionamento orgânico traz mais visitas, mas curtidas e assim por diante, em um círculo virtuoso.

Esse é apenas um exemplo e quando você tiver a clara compreensão de onde cada peça (SEO, links patrocinados, Marketing de Conteúdo, Marketing Digital, etc) se encaixa e como obter o melhor de cada uma, suas ações produzirão melhores resultados.

A única ressalva fundamental, é que ações isoladas e ocasionais, não trazem resultados. Esse é um trabalho permanente e que pode e deve sofrer ajustes ao longo do tempo, dado o dinamismo e as mudanças de tendências tão típicas da Internet e daqueles que a compõem – o internauta, o consumidor, o cliente.

Conclusão

O SEM (Search Engine Marketing), é o Marketing voltado aos motores de busca (Google, Bing e Yahoo!) e seu trabalho visa utilizar de ferramentas de Marketing Digital para buscar um melhor posicionamento do seu site.

Comentários ({{totalComentarios}})