Aprenda como divulgar seu site de forma eficaz

Seu site está pronto e publicado. Parabéns! Mas e agora? Esta situação é mais comum do que se imagina e na verdade muitos que fazem um site pela primeira vez, se não foram bem assessorados, vão perguntar algo semelhante.

Tudo isso porque para ser encontrado, você precisa divulgar o seu site ou dizer ao mundo que ele existe, já que por mais fantástico que ele seja, se você não fizer nada, ele será como uma obra soterrada aguardando por um arqueólogo!

O princípio é simples e constitui quase que um mantra apregoado aos quatro cantos: “Quem não é visto, não é lembrado”. Poucas coisas são tão verdadeiras, principalmente em um mundo com tanta concorrência em todos os segmentos, onde cada empresa briga por seu lugar ao sol e, sobretudo, seu lugar na mente e se possível também no coração dos consumidores.

Mais que isso e bem antes de se falar em Marketing Digital, todo produto, toda marca, toda empresa sempre buscou alcançar o Top Of Mind. O conceito é básico e consiste em qual a primeira marca que vem à mente das pessoas, quando um produto é citado?

Que marca você pensa quando alguém diz refrigerante? E smartphone? E tênis? E carro? Você lembrou imediatamente de uma marca a cada uma dessas perguntas, que é a que mais gosta, mais consome, mais deseja e que em seu conceito, é a melhor.

Isso é o Top of Mind, ou seja, o nome que está no topo da mente das pessoas. Para que estas marcas tenham conquistado esta posição, muito trabalho foi feito. E de forma similar, guardadas as devidas proporções e respeitadas as particularidades dos meios digitais, é o mesmo trabalho que deve ser feito para que seu site seja uma referência ou o mais lembrado quando se fala em site de carros, de moda, de cupons de desconto ou do que quer que o seu site trate.

Mas tenha em mente que assim como no mundo real, as pessoas voltam ao seu site, se elas tiverem um motivo para fazê-lo. Portanto, em primeiro lugar o conteúdo que você tem nele, deve ser bom. Mas só isso não basta. Salvo raríssimas exceções, alguém só retorna a segunda, a terceira ou a enésima vez ao seu site se houver novos conteúdos ou atualizações constantes do atual, ou se ele for algum tipo de ferramenta, aplicação ou entretenimento. Este é parte do trabalho de Marketing de Conteúdo.

Então vamos começar? Vamos pelas coisas mais simples, básicas e que exigem menos conhecimento, tempo e investimentos, destacando que quanto mais você puder fazer, melhores os resultados e que estes só vêm com tempo, trabalho e continuidade.

E-mail Marketing

Antes de pensar em investir em campanhas de E-mail Marketing, você deve considerar uma comunicação com sua rede de contatos. Ao dizer aos amigos, conhecidos, parceiros, fornecedores e clientes que você tem um site, é pouco provável que eles se lembrem de acessá-lo, a não ser que exista um motivo para fazê-lo. Quando eles recebem um e-mail com informações de sua empresa, produto, serviço e o caminho para o site, o acesso está a apenas um clique de mouse.

Por isso, comece organizando os contatos que você já tem e elabore um e-mail convidativo, que desperte atenção, gere interesse e que faça com que as pessoas desejem ver o que você criou para elas. Use do seu relacionamento para conquistar seus primeiros visitantes.

O seu site também deve proporcionar às pessoas meios para que você ou sua empresa comuniquem-se com seus visitantes regularmente, como por exemplo, por meio de newsletters e para isso, ofereça meios do visitante se cadastrar. Informe a ele claramente os benefícios de fazê-lo e desta forma você pode construir uma base de contatos importantes, a qual ao longo do tempo pode ter um valor e utilidades muito grandes.

Participe de Redes Sociais

Embora haja quem não esteja em nenhuma, é cada vez mais raro pessoas e até mesmo empresas que não tenham uma conta em ao menos uma rede social. O mais comum, é inclusive que se tenha mais de uma. Sendo assim, se você tem a possibilidade de replicar parte do conteúdo do seu site ou pelo menos fazer referências dele na sua conta do Facebook ou Instagram ou outra rede, isso pode potencializar seu site.

É fundamental compreender as diferenças de se ter um site institucional, um blog e uma página em rede social. Um não substitui o outro e cada qual tem sua importância e seu papel no processo de construção da presença digital. Se você pode ter tudo isso, então tenha.

Se por exemplo, você pode criar parte do seu conteúdo em formato de vídeo, por que não usar o Youtube? É uma ótima ferramenta, é a mais popular plataforma para hospedar conteúdo neste formato e constitui uma das formas mais dinâmicas e acessíveis formas de se consumir conteúdo. Você pode ter vídeos no seu site, hospedados no Youtube e visualizáveis por ambas plataformas. Duas vezes mais chances de alcançar seu público.

Portanto, busque compreender as principais características de cada rede social e assim poderá aproveitar o que de melhor ela pode oferecer ao seu negócio.

Guest Posts

Guest posts, ou posts de convidados (que é a tradução de guest), que no caso é você, publicados em outros blogs, podem ser uma ótima forma de divulgação.

Esta é uma prática comum, em que normalmente existe uma troca, quando você fornece postagens para blogs de outras empresas ou pessoas, bem como publica no seu, o conteúdo deles.

O cuidado que se deve ter ao efetuar este tipo de divulgação, é de buscar blogs que tenham um bom conteúdo, boa autoridade e reputação perante o Google. Desta forma, você consegue agregar também mais autoridade ao seu, que nada mais é do que a relação entre a qualidade e a quantidade de links que tenham relação com um domínio.

O “truque” ao trocar postagens com outros sites e blogs, é conseguir que domínios constituídos há mais tempo façam referência ao seu e desta forma o Google “entende” que se sites com boa credibilidade citam o seu, este é um motivo para aumentar a sua credibilidade, bem como também representa um fator que impulsiona o item a seguir.

Tráfego Orgânico

Este é certamente o aspecto trabalhado com maior ênfase por todos aqueles que buscam ter uma boa colocação nos resultados de uma busca do Google. O tráfego orgânico é o contingente de usuários que chega ao seu site vindos a partir de um resultado de pesquisa do Google, sem que tenha que se pagar para que o resultado tenha um bom posicionamento.

Por que ele é o mais desejado? Porque pode-se dizer que é o tráfego mais natural que pode existir, ou seja, alguém busca algo que é exatamente ou o mais próximo do conteúdo que você tem no seu site. Quando isso ocorre, a probabilidade de que aquele usuário irá consumir o que você tem para oferecer, é muito boa.

Mas há basicamente três fatores que tornam este tipo de divulgação difícil. O primeiro, é que todos os seus concorrentes para um determinado conteúdo, assim como você também, trabalham para estar bem posicionados, o que na prática significa estar na primeira página de resultados quando se pesquisa algo no Google.

O segundo fator, é que o Google avalia uma série de aspectos para definir a ordem em que é exibido cada resultado e para se conseguir uma boa posição, é necessário realizar um trabalho intenso e contínuo de SEO. É um trabalho técnico e meticuloso, que envolve uma relação extensa de preocupações a serem atendidas.

O terceiro fator é tempo e paciência. Ninguém conquista as primeiras posições do Google do dia para a noite e principalmente sites novos. Assim, a busca pelas primeiras posições é um processo que se desenvolve com tempo.

Tráfego Pago

Se até aqui não se exigia a realização de investimentos, pelo menos de forma direta, por esta forma de divulgação, assim como também em formas mais profissionais e avançadas de E-mail Marketing, é necessário se fazer investimentos. Como o nome sugere, produz-se tráfego ao site com anúncios que são pagos aos buscadores, como no caso do Google Ads, por exemplo.

Quando se opta por este tipo de divulgação, o seu conteúdo recebe um destaque maior e sempre será exibido em posições privilegiadas, independente do ranqueamento que o seu site tenha e de que posição determinadas palavras-chave ocupem nos resultados orgânicos.

Além dos mecanismos de busca como Google e Bing, há possibilidades de se obter destaques também nas redes sociais, através de impulsionamentos que são pagos. As publicações pagas, aparecem mais vezes para os usuários e atingem muito mais usuários do que apenas os seus seguidores. É uma importante ação quando se busca novos clientes.

Google Meu Negócio

Dependendo do seu site e do negócio que ele representa, cadastrar-se no Google Meu Negócio, pode trazer um contingente importante de potenciais clientes ao seu site. Ao efetuar o cadastro, você fornece informações adicionais sobre a sua empresa (Ex: endereço, horário de funcionamento, canais de atendimento, etc), que são exibidas nos resultados da pesquisa normal do Google ou do Google Maps.

Geralmente é uma boa opção para atrair clientes de uma área geográfica específica, já que a localização costuma ser um fator impulsionador da escolha.

Bing

O Bing é o principal e praticamente o único concorrente ao Google. Embora represente menos de 10% das buscas globais, ainda é uma opção que não pode ser desconsiderada. Assim como o Google, ele tem opções para resultados orgânicos e pagos, que é o Bing Ads, que inclusive oferece opção de importar campanhas do concorrente.

Como cadastrar meu site no Google?

Muita gente pergunta como cadastrar um site no Google para que se possa realizar um trabalho que torne mais rápida e efetiva a indexação do conteúdo por parte do motor de busca.

O Google tem um serviço gratuito que se chama Google para Webmasters, no qual você tem ferramentas e informações valiosas que podem ajudar a saber como se dá o tráfego e consequentemente, identificar os resultados que o trabalho de divulgação está dando. Através desta ferramenta, pode-se cadastrar seu site e utilizar uma variedade de opções que permitem administrar como o conteúdo aparece para o Google.

Para dispor dos recursos, acesse: https://www.google.com/intl/pt-BR/webmasters/#?modal_active=none

Conclusão

Há um conjunto básico de ações que devem ser adotadas com o objetivo de mostrar ao mundo que você dispõe de um determinado conteúdo em seu site. Ações como e-mail Marketing, participação em redes sociais, geração de guest posts, métodos para produção de tráfego, entre outras poucas, são a porta de entrada para um conjunto mais amplo e estratégico que vai garantir que seu negócio na Web tenha visibilidade.