Redirecionamento 301: O que é e por que é importante em SEO?

Você já deve ter visto algumas vezes em ruas de comércio lojas fechadas, mas com uma faixa ou cartaz informando que a empresa mudou-se e qual o novo endereço.

Na Internet, por razões semelhantes, há um recurso equivalente e necessário e que é o redirecionamento 301.

Saber o que é, quando usar e por que é tão importante adotá-lo, é o foco desse artigo.

O que é redirect 301 ou redirecionamento 301?

Redirect 301 ou redirecionamento 301, é um recurso adotado no servidor de hospedagem que indica uma mudança permanente na URL de uma página ou de um site inteiro, tanto para o navegador de cada visitante, como também aos robôs dos mecanismos de busca.

Há quem trate por redirect e há quem prefira redirecionamento. São a mesma coisa.

É conhecido pelo código (301), pois o servidor Web faz uso de várias classes de códigos para enquadrar as requisições que recebe dos navegadores, quanto ao seu status ou condição.

Assim, por exemplo, os códigos de ordem 4XX, indicam erros. O mais conhecido, é o erro 404 e que corresponde a um endereço não encontrado ou inexistente naquele servidor, para aquele domínio.

Erros de ordem 5XX, são erros de servidor. Um dos mais comuns, é o erro 500 e que ocorre por exemplo se há uma configuração incorreta do PHP para exibir um recurso do site em questão.

Quando o seu navegador efetua uma requisição de uma página, como por exemplo, desse artigo que agora você lê, ao ter encontrado a respectiva URL e poder entregar para exibição completa, sem erros quaisquer na página, corresponde ao código 200.

Portanto, se for necessário qualquer alteração, não importando o quão pequena for, realiza-se um redirecionamento de código 301 e tanto o navegador dos visitantes, quanto os robôs dos mecanismos de busca saberão interpretar o que fazer, de acordo com as configurações feitas e que logo a seguir você descobrirá como realizar.

Quando usar redirect 301?

Sempre que houver qualquer alteração na URL, por menor que seja.

Imaginemos que você apenas instalou um certificado SSL no seu site e agora o que antes era http://www.meusite.com.br, tornou-se https://www.meusite.com.br, você precisa efetuar um redirecionamento 301.

Se você não notou a diferença, no segundo há um “s” após o http. Isso indica que o protocolo usado para transferência de dados relativos ao site, entre servidor e navegador, ocorrerá por meio conexão segura ou criptografada.

É preciso ter em mente que diferente do mundo real, na Internet exatidão é fundamental. Apenas uma letra a mais ou a menos, ou em outra posição, ou ainda um ponto em outro local e temos outro endereço, possivelmente outro site e até outro servidor.

Assim, você deve usar o redirecionamento 301, quando:

  • Houver mudança permanente de domínio – suponhamos que sua empresa comece a atuar internacionalmente e decida-se pelo registro e uso de um domínio internacional e assim em vez de “.com.br”, seu novo domínio tenha extensão “.com”. Ou por qualquer outra razão que se passe a usar um domínio diferente do anteriormente usado;

  • Alteração no endereço de uma página – ou de várias páginas também. Imagine que você queira fazer uso de URLs mais amigáveis e fáceis de memorizar ou por qualquer outra razão;

  • Uma página ou área do site deixa de existir – eventualmente ao longo da vida de um site, determinados conteúdos podem deixar de fazer sentido, ou não serem mais importantes e em vez de simplesmente remover as URLs correspondentes, você pode efetuar um redirecionamento para uma página com conteúdo semelhante, que substitui o anterior ou algo mais amigável do que uma página de erro 404 e que também afeta negativamente o ranqueamento do site;

  • Evitar conteúdo duplicado – você sabia que para o Googlebot, http://www.meusite.com.br e http://meusite.com.br são endereços diferentes? Muitos servidores web permitem o acesso de exatamente o mesmo conteúdo usando ou não o “www”, inclusive por parte dos robôs, os quais identificam as páginas correspondentes como duplicação de conteúdo e que tem efeito negativo em termos de SEO.

Por que ou qual importância de fazer um redirecionamento 301?

Basicamente pelas mesmas razões que um comerciante coloca um aviso no antigo estabelecimento comercial, informando o endereço do novo, ou seja, a fim de que não perca todos os clientes que estavam habituados a visitá-lo no antigo endereço.

Um site ou mesmo uma única página que eventualmente tenha seu endereço alterado em caráter permanente, precisa orientar o navegador dos visitantes onde encontrar o conteúdo que antes estava naquele endereço.

Para os visitantes, o processo será totalmente transparente e em muitos casos ele não notará que foi redirecionado. Esse trâmite ocorre entre servidor e navegador. Só os mais atentos podem notar ao observarem o novo endereço na barra do navegador.

Mais do que isso, é preciso informar aos robôs dos mecanismos de busca sobre onde encontrar o conteúdo cujo endereço foi alterado de modo permanente. Ao não fazer isso, mesmo que o conteúdo seja idêntico, o buscador interpretará como um novo site, uma nova página.

É como começar do zero seu histórico junto ao Google e demais ferramentas de busca.

Perde-se o PageRank e todos os demais fatores de ranqueamento que proporcionavam um determinado posicionamento para buscas orgânicas.

Outra razão bastante boa, é não perder o trabalho de link building externo, ou seja, os links que outros sites fizeram para endereços do seu site. Imagine ter que contatar cada administrador de site que tenha um ou mais links apontando para o seu?

Isso para não dizer daqueles que você nem sabe e que pode ser uma URL compartilhada em uma rede social por um cliente, por exemplo.

Mas ao ter um redirect 301 para as URLs que sofreram alteração permanente, todos chegarão às páginas correspondentes em seus novos endereços.

Como fazer um redirecionamento 301?

Agora que você entendeu quando e porque é importante fazer um redirect 301, possivelmente queira saber como fazer.

É possível fazer um redirect 301 por diferentes métodos. Para a grande maioria dos casos, nós indicamos “Como realizar um redirecionamento 301 no .htaccess”, contido na área de tutoriais do site da HostMídia.

Nesse tutorial, além da introdução, a qual contém um resumo do que você acabou de ler, constam os pré-requisitos necessários para efetuar a configuração usando o arquivo .htaccess contido na sua conta de hospedagem, bem como os procedimentos para as situações mais comuns e que são:

  • Efetuar o redirecionamento 301 quando há mudança de domínio;

  • Redirecionamento para fazer uso do www;

  • Alteração do diretório de publicação;

  • Quando se muda conteúdo de um subdomínio para pasta ou diretório do domínio.

Como mencionamos anteriormente, ao ter um SSL instalado, é fundamental forçar o seu uso, especialmente porque todos os navegadores atualmente alertam para sites cujo acesso não ocorre por meio de https e que pode afugentar um bom número de visitantes, além de afetar o posicionamento orgânico, pois o Google há algum tempo considera esse como um fator de relevância.

Assim, você também encontra no tutorial “Como forçar o uso do https”, na mesma área do nosso site.

Conclusão

Redirecionamento ou redirect 301, é um recurso do servidor web que faz com que mudanças que sejam necessáriam no endereço de qualquer conteúdo de um site, leve automaticamente tanto os visitantes, quanto os robôs dos mecanismos de busca aos novos endereços, preservando o tráfego orgânico e os fatores de ranqueamento do Google.

Comentários ({{totalComentarios}})