Extensões de domínios: entenda melhor TLD, gTLD e ccTLD

Ser encontrado pelo seu cliente é tão importante quanto o cuidado com a qualidade do seu produto. Afinal quem não é visto não é lembrado. Na Internet essa lógica demonstra a importância da escolha do seu endereço de domínio.

Para alcançar esse objetivo existe uma variedade de extensões de domínios, que poucos conhecem, mas que podem auxiliar na localização e na comunicação da proposta de valor do seu negócio. Vamos conferir?

Quando pensamos na compra de domínio, há diversos fatores que precisamos levar em consideração. Todo o trabalho de divulgação e o branding da sua marca são afetados por essa escolha, bem como os trabalhos futuros de otimização do site para as ferramentas de buscas (SEO ou Search Engine Optimiztion).

Até aqui conseguimos entender a importância da escolha de domínios para uma empresa, sendo necessária uma análise muito criteriosa de palavras, pois uma empresa bem-sucedida é aquela que além de desenvolver um produto excelente, consegue comunicar o seu valor e outros atributos, de forma eficiente e eficaz ao mercado.

O que são extensões de domínio?

Estar presente na web possibilita ao seu negócio impactar um público cada vez maior, expandir sua marca e se comunicar com muitas pessoas ao redor do mundo. A escolha de um bom nome para registro é um dos passos fundamentais para o sucesso do seu empreendimento online.

Você já sabe que o domínio é nada mais do que o endereço do seu site na Internet, que será digitado no campo do navegador do usuário, tambem conhecido como URL. É através dele que as pessoas conseguirão encontrá-lo. Mas e as extensões de domínios, o que são?

Extensões de domínio como o próprio nome indica, são aqueles sufixos localizados à direita, no final do endereço de um site, como ".gov", ".com", ".net", e ".com.br". Podemos dizer de maneira geral, que são terminações componentes do nome do domínio. A escolha de um nome de domínio deve priorizar aqueles que sejam mais simples de escrever e memorizar.

Da mesma maneira a escolha da extensão também é essencial, pois ajuda o visitante a compreender de maneira imediata a qual segmento sua empresa pertence, bem como auxilia no trabalho de SEO.

Existem diferentes tipos de extensões e para que você entenda melhor o seu funcionamento e benefícios, vamos explicar cada uma delas a seguir.

O que são extensões TLD, gTLD e ccTLD?

Extensão de Domínio de Topo (TLD) ou (Top Level Domain) é o nome aplicado às extensões gerais de domínio propriamente ditas (".org", ".com", ".net"). As extensões de domínios TLD, também chamadas de Domínio de Nível Superior, funcionam como uma nomenclatura para representar os diferentes tipos de serviços e regiões.

Note que cada TLD possui as suas vantagens, sendo necessário verificar qual delas atende melhor às necessidades da sua empresa. Escolha aquela que faz mais sentido para você, de acordo com o tipo do seu negócio. Por exemplo, escolas podem usar a extensão “.edu” e comércios a “.com”.

As extensões TLD, são divididas em dois grandes grupos, as gTLDs e ccTLDs. Ao comprar um domínio você poderá escolher entre cada uma delas. Vamos conhecer um pouco mais sobre quais são as aplicações mais vantajosas e as principais características de cada grupo:

gTLDs — Generic Top-Level Domain ou Domínio Genérico de Nível Superior

É o grupo formado por extensões conhecidas como genéricas ou internacionais. Assim como as TLDs, também são divididas em outras duas categorias: patrocinadas e não-patrocinadas. As gTLDs não patrocinadas, são aquelas que não necessitam de nenhuma organização patrocinadora ou associação para que registros sejam realizados. Basicamente não possuem muitas restrições, sendo ".org", ".com", ".net" e ".info" os exemplos mais comuns.

As gTLDs patrocinadas, representam extensões de domínios de comunidades associadas a elas, como por exemplo: ".gov" e ".edu". São formadas por duas ou mais letras que são usadas em qualquer local. A princípio cada extensão foi criada para um propósito bem específico.

Na prática, porém, qualquer pessoa ou empresa podem utilizá-las para registro de domínio. A seguir alguns exemplos de extensões disponíveis:

  • .click: para fotografia ou agências de Marketing e publicidade digital;

  • .live: para sites de mídia em geral, EAD, TV online, streaming, etc.;

  • .net: para empresas ou profissionais de TI;

  • .ong: para empresas do terceiro setor;

  • .biz: para o comércio em geral, alternativa ao ".com";

  • .money: para instituições financeiras que operam empréstimos, câmbio, etc.;

  • .group: para grupo de empresas, pessoas, etc.;

  • .store: para lojas físicas ou virtuais;

  • .moda: para indústria da moda, lojas, confecções, etc.;

  • .cloud: para empresas de serviços de cloud computing (navegação em nuvem);

  • .club: para os mais diferentes clubes sociais;

  • .com: genérica, utilizada em diferentes mercados.

ccTLDs — Country Code Top-Level Domain ou Código de País de Domínio de Nível Superior

Como o próprio nome indica, são domínios utilizados para os diferentes países, ou seja, são extensões nacionais. Oficialmente correspondem às duas letras que representam os mais de 250 países e territórios. A sua utilização é restrita, normalmente reservadas a cidadãos ou empresas habitantes do país ou local da extensão pretendida.

Alguns exemplos são: ".br" (Brasil), ".pt" (Portugal) e ".uk" (Reino Unido). Ao longo do tempo algumas extensões passaram a adquirir outros significados. Alguns exemplos de extensões disponíveis hoje, são:

  • .tv: originalmente Tuvalu, podendo representar TV, também utilizada em qualquer conteúdo de mídia;

  • .ws: originalmente para Samoa, podendo representar “WebSite”, também utilizada em qualquer página online;

  • .cc: originalmente Ilhas Cocos, podendo representar “Creative Commons”, também utilizada em sites variados;

  • .me: originalmente Montenegro, podendo representar um pronome, também utilizada em sites profissionais ou pessoas públicas;

  • .co: originalmente Colômbia, podendo representar “companhia”, também utilizada em sites de diferentes empresas e corporações;

  • .rio: extensão dedicada a pessoas ou empresas da cidade do Rio de Janeiro.

Quais são as vantagens para a empresa?

Ao adquirir extensões de domínios que sejam mais compatíveis com a sua empresa, você garante que o seu site será melhor posicionado pelos motores de busca, facilitando a conexão do seu público com a sua oferta e melhorando o tráfego orgânico direcionado ao seu site. Tudo isso representa vantagem competitiva em relação às empresas concorrentes, que não se atentam para o seu correto posicionamento on-line.

Podemos concluir que de maneira geral os gTLDs são muito mais comuns que as extensões do tipo ccTLDs, pois esses últimos possuem restrições que não as tornam disponíveis a qualquer usuário.

Essas extensões menos comuns, por assim dizer, podem representar mais credibilidade, garantindo a identidade e visibilidade da sua empresa em seu nicho de negócio. Mas lembre-se: mesmo que opte por um domínio com uma extensão mais restrita do tipo gTLDs, não deixe de registrar o domínio ".com" também.

Você poderá encontrar algumas opções gratuitas para a criação de seu endereço online ou contas de e-mail. Mas esteja ciente que ao optar por não registrar um domínio próprio e não registrar contas de e-mail personalizadas, você permite que outros o façam em seu lugar.

Um domínio com o mesmo nome que sua marca pode ser registrado por outra pessoa ou empresa. E se isso acontecer pode ficar mais difícil de encontrar um novo domínio compatível ao seu negócio, gerando mais dificuldades de registro e memorização por parte do seu público.

E então, gostou do tema sobre extensões de domínios? Para saber mais, não deixe de conhecer os mitos em torno das novas extensões!