5 melhores aplicativos para remoção de vírus em celulares

Vírus de computador são conhecidos desde que os computadores pessoais começaram a ganhar lugar nas empresas e residências. Por essa razão, é razoavelmente comum que as pessoas tenham algum nível de preocupação e, portanto, de cuidados com seus equipamentos e dados, sendo raro que alguém não tenha ao menos um programa antivírus instalado.

Mas parece que o mesmo não acontece em relação aos aparelhos celulares, mesmo sendo mais comum que se tenha um smartphone do que um notebook ou desktop, pelo qual se faça acessos frequentes à Internet. Saiba porque é importante mudar essa realidade e quais os principais apps que podem ajudá-lo nessa tarefa.

Vírus de celular

Embora não existam regras de como devem ser os malwares – os populares vírus – para smartphones, na prática o que se observa é que a maior parte deles têm comportamentos e consequências diferentes dos malwares que afetam notebooks e desktops. Vírus na verdade são apenas uma entre várias classes de malwares (malicious softwares).

Em parte a justificativa é que apesar das pessoas fazerem um uso intenso de seus aparelhos para diversos fins, em essência os usos são diferentes. É bastante improvável encontrar no smartphone de alguém, sistemas empresariais, documentos e planilhas e outros tipos de dados que têm valor para um usuário e seu notebook de trabalho. Assim, um ransonware, tem consequências menos graves e consequentemente, menos retorno para seu autor.

Além disso, como boa parte do uso de dispositivos móveis, tem como objetivo acesso à Internet, há maior interesse em malwares conhecidos como os tradicionais adwares (advertisingment software) dos computadores e com objetivo parecido, que é render comissões ao autor do aplicativo nocivo, por exibição de publicidade.

Por fim, a proliferação de malwares nos mesmos moldes ocorridos em computadores, não se dá nos dispositivos móveis, porque Google e Apple impõem limitações a como apps atuam, bem como controlam com relativo rigor e de modo frequente, cada aplicativo que ingressa em suas lojas.

Para cumprir seu objetivo – que é ser instalado em um smartphone – boa parte dos aplicativos nocivos precisam estar disponíveis fora da Google Play ou App Store, mas por outro lado tanto Android como iOS, não aceitam a instalação de apps de fonte desconhecidas por padrão. Ou seja, o usuário tem que “esforçar-se” para incluir algum aplicativo malicioso.

A rigor, nem é muito habitual classificar esse tipo de programa, como vírus de celular, porque seu comportamento e disseminação não se dá da mesma forma que os clássicos vírus de computador. É mais comum vermos e ouvirmos “aplicativos potencialmente nocivos”.

Mas por que eu preciso de um antivírus no celular?

Se você é do tipo de usuário que é precavido nos acessos que faz a sites e blogs, é criterioso quanto aos apps que instala, usa o WhatsApp ou Telegram de modo restrito e evita clicar em qualquer coisa que recebe por e-mail, adota cuidados com suas contas e respectivas senhas e segue as recomendações de segurança que o próprio sistema dá de acordo com o uso que faz dele, não usar um app de segurança, pode não lhe trazer nenhuma dor de cabeça.

No entanto, se o uso que faz do seu aparelho, é sem limites e muitas preocupações e gosta de sempre testar tudo que aparece, ou ainda não tem muitos conhecimentos e informações para se prevenir de problemas de segurança, é interessante considerar o uso de um app apropriado.

Por fim, a pesquisa TIC domicílios, desenvolvida regularmente pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), o celular é hoje o principal meio de acesso à Internet no país, sendo que mais de 90% das pessoas utilizam-no para tal fim, das quais mais de 60% tem no aparelho o único meio de acesso à rede mundial.

Sendo assim, é fundamental garantir que o aparelho esteja protegido de ameaças, por mais que algumas das mais conhecidas não tenham um impacto expressivo ou acarretem perdas significativas.

Os 5 mais populares apps de segurança

Antes de prosseguirmos, é importante destacar que a relação a seguir não segue uma ordem de melhores ou mais populares. O objetivo é apenas indicar alternativas conhecidas e que são vinculadas a empresas com algum histórico e experiência no combate a ameaças digitais, bem como por terem um nível razoável de utilização por parte dos usuários.

Também vale a recomendação que normalmente é dada no caso de antivírus para computadores, que não é indicado instalar dois ou mais programas com a mesma finalidade e que ter um programa de detecção e remoção de malwares, não lhe garante 100% de segurança em relação a tudo. Precauções ainda são aconselháveis no uso do aparelho.

Embora em muitos casos existam versões para o sistema da Apple (iOS), os apps a seguir são destinados aos aparelhos que fazem uso do Android.

Avast Free Mobile Security

Começar a lista lembrando do Avast, é fácil. Constitui uma das principais ferramentas para o combate de malwares em computadores e desde bem cedo também passou a oferecer uma ferramenta mobile para proteger os dispositivos que utilizam o Android.

São mais de 100 milhões de downloads e com isso é um dos campeões nesse quesito, atestando a confiança que os usuários têm, reforçada com uma avaliação média de 4,7 estrelas. É gratuito, mas a versão paga oferece recursos como proteção de fotos e apps com PIN ou verificação de digital para os dispositivos que contam com o recurso, VPN com ocultação geográfica.

Kaspersky Antivírus Proteção e Anti Furto

Outro nome consolidado há muitos anos e que é das empresas especializadas sempre referenciadas quando o assunto é segurança no mundo digital. Com mais de 50 milhões de downloads, oferece controle de aplicativos suspeitos, impede o monitoramento de chamadas, mensagens e geolocalização e ainda conta com ferramentas antirroubo para proteger dispositivos móveis e dados.

A versão paga inclui do app da Kaspersky segurança contra links e sites de phishing e SMS, automatização das rotinas de scan, bloqueio de aplicativos e ocultação de chamadas, textos e logs de serviços e aplicativos.

AVG Antivírus Free 2020

Não dá para falar em antivírus gratuito, sem citar outro nome que consolidou-se como uma das principais ferramentas grátis quando o assunto é proteção de desktops e notebooks. O primeiro app do segmento a ultrapassar a marca de 100 milhões de downloads, reitera a confiança que o mercado tem nesse nome.

Além dos recursos de segurança que são comuns a maior parte dos apps do gênero, também propõe-se uma melhora geral do dispositivo, prometendo maior duração da bateria por ajuste de configurações que consomem muita bateria, encerramento de processos desnecessários, liberando memória e processamento, remoção de conteúdo e liberação de espaço de armazenamento, entre outros.

Os recursos pagos podem ser usados por 30 dias, sem cobrança, para que o usuário experimente o app completo.

Eset mobile security

São mais de 10 milhões de downloads e uma das melhores classificações entre os usuários (4,8 estrelas). O ESET também é um nome consagrado em soluções gratuitas na prevenção e remoção de ameaças digitais. É um dos mais simples e funcionais de se usar, concentrando-se no controle e remoção de apps potencialmente nocivos.

A versão premium, além do scan antivírus, emissão de relatórios, logs de atividades e bloqueador remoto, da versão free, também oferece anti-phishing, recurso anti-furto, controle e verificação de SMS, escaneamento programado e bloqueador de apps.

McAfee Mobile Securiy

Um dos nomes mais antigos quando o assunto é segurança digital, não poderia ficar fora dessa lista. O McAfee Mobile Securiy oferece proteção antivírus gratuita, remoção de spyware e segurança Wi-Fi. Outro app que rompeu a barreira de 50 milhões de downloads.

As funcionalidades pagas são muitas e entre outras, incluem VPN, bloqueio do acesso a sites potencialmente perigosos, modo convidado (escolher apps que terceiros podem acessar) e bloqueio de apps cujo conteúdo seja sensível.

Conclusão

Embora a segurança de dispositivos móveis represente um paradigma diferente dos computadores, há cenários em que é desejável e até mesmo recomendável adotar apps de segurança a fim de garantir a segurança dos dados manipulados por seu celular, bem como o uso e funcionamento adequado do aparelho.

Comentários ({{totalComentarios}})