O vínculo entre Cultura Geek e Star Wars

Entenda a relação Geek com a Saga e como a Força transformou 4 de maio no dia do Star Wars

Ser enquadrado como Geek não implica ser aficcionado por Star Wars, bem como não é necessário que todo fan de Star Wars seja necessariamente um Geek, muito embora a prática revela uma relação quase umbilical entre um e o outro. Mas o que explica isso?

Naturalmente não é um caso científico e muito menos matéria para de tese de Sociologia, mas existem fatos - e contra estes não há argumentos - que fundamentam muitas hipóteses sobre a estreita relação que existe entre aqueles que tem a necessidade de estar na vanguarda dos aparatos tecnológicos (smartphones, computadores, etc), dos lançamentos de games, livros e especialmente coleções, cultura POP em geral e a trilogia, que mais tarde materializou-se como hexalogia e caminha para enealogia de filmes, conhecida pelo demais mortais como Star Wars.

Um dos pontos que se considera - e a lógica ampara esta hipótese - como fator de identifcação, é que todo Geek é por natureza alguém que preocupa-se muito onde os avanços tecnológicos irão nos levar, antever invenções, aprimoramentos do que existe, mudanças de hábitos questionando os modelos vigentes, entre outros. E o que a saga Star Wars mostra? Muito de tudo isso e bem além!

A década de 60 trouxe consigo a realidade bem além do nosso mundo, que estava por ser desvendada pelo Projeto Apollo, colocando o homem além das fronteiras da Terra e por meio da ficcção através de filmes como 2001: Uma Odisséia no Espaço e a série de televisão Star Trek. Alguns anos depois, mais precisamente em 25 de maio de 1977, Hollywood apresentou de forma nunca antes vista, uma poderosa metáfora para tecnologia, seja aquela presente no quotidiano das personagens, bem como para uma realidade paralela e galáxias novas e culturas a serem desvendados e forças além do natural. "May the force be with you." (em tradução livre, " Que a Força esteja com você. "), frase icônica da franquia, que foi dita várias vezes ao longo dos filmes, gerou um trocadilho com o dia 4 de maio (May Fourth), e transformou a data em um grande evento para a cultura popular e celebrada por nerds e geeks em todo o mundo.

O filme começa e já se estabelece um elo poderoso com tudo que seria detalhadamente trabalhado ao longo de três e depois seis e agora nove filmes ou capítulos: "Há muito tempo atrás, em uma galáxia muito, muito distante". Poucos são os filmes que tornaram-se tão emblemáticos a ponto de influenciar toda a produção cinematográfica das décadas seguinte e fazer com que gerações se lembrassem nitidamente de seus personagens e de algumas das célebres frases ditas por eles.

São quarenta anos desde então, de uma história nunca antes contada, mas imaginada na cabeça de alguém que inovou em vários aspectos - exatamente como todo Geeek gosta - que iam do enredo propriamente dito, passando pelas quebras de paradigmas dos filmes do gênero, chegando aos inéditos e avançados recursos de filmagem e efeitos especiais criados pela equipe de George Lucas, o pai disso tudo.

Ao mesmo tempo surreal, parte considerável de tudo que permeia cada detalhe do filme, é também factível. Embora muitos aspectos exibidos no filme ainda eram pura ficção em 1977, havia muita coisa plausível aos olhos de quem estava em frente à tela. Outra característica importante é o arrolamento de personagens carismáticos, que permitem que um público mais variado se identificasse com eles, ou apenas trouxesse simpatia por eles. Compõem o roteiro, personagens que toda trama tem. Há o jovem herói promissor (Skywalker), o experiente de conduta questionável mas bom coração (Solo), a Princesa que não precisa ser salva (Leia), o sábio mestre (Yoda), o enigmático vilão (Vader) e até o cômico (C3PO).

No fim de tudo, Star Wars é uma forma autêntica de contar uma história e ao mesmo tempo responder uma série de perguntas, porém sob um prisma futurista, tecnológico e sob uma ótica singular. Um roteiro original e que não conquista apenas um Geek, mas qualquer um que não se conforma apenas com visões tradicionais das coisas.

Últimos relacionados

13 de Setembro: Dia do Programador

No dia do programador, nada mais lógico que dar a palavra a um, mas não qualquer um.

Se é 25 de maio, why so serious?

25/05: hoje é dia de ver toalhas numa galáxia muito, muito distante. A HostMídia comemora com você. Confira!